ACOMPANHE-NOS    
JULHO, SEGUNDA  13    CAMPO GRANDE 19º

Esportes

De Três Lagoas, mais um sul-mato-grossense reforça a torcida em Kazan

Brasil e Bélgica se enfrentam nesta sexta-feira, às 14h (MS) por uma vaga nas semifinais da Copa do Mundo de 2018

Por De Kazan, Paulo Nonato de Souza | 06/07/2018 10:56
Selfie do médico João Juveniz em Kazan. Chegou hoje na cidade para apoiar o Brasil diante da Bélgica
Selfie do médico João Juveniz em Kazan. Chegou hoje na cidade para apoiar o Brasil diante da Bélgica

Mais um sul-mato-grossense localizado pelo Campo Grande News na torcida do Brasil pelo hexa na Rússia. É o médico-urologista João Juveniz, de 36 anos, um três-lagoense radicado em Campo Grande, que desembarcou na cidade de Kazan para ver o Brasil jogar diante da Bélgica por uma vaga na semifinal da Copa do Mundo.

“Cheguei há três dias aqui na Rússia, fiquei esses três dias em Moscou, e hoje estou prestes a assistir o jogo do Brasil”, disse João Juveniz em um vídeo que gravou especialmente para falar da sua vinda ao país da Copa do Mundo para acompanhar a Seleção Brasileira na trajetória decisiva rumo ao hexa.

Ainda no Fan Fest, espaço organizado pela Fifa para reunir torcedores em dias de jogos da Copa, onde via pelo telão o duelo entre Uruguai e França, também pelas quartas de final, João Juveniz disse que hoje será a sua estreia em um jogo da Seleção Brasileira numa Copa do Mundo.

“Estou muito feliz, muito contente de estar aqui e poder participar de tudo isso", afirmou ele. Do confronto entre Uruguai e França sairá o adversário de Brasil ou Belgica na partida semifinal da próxima terça-feira, dia 10, em São Petersburgo.

Antes de João Juveniz, o Campo Grande News contou a história de Mário Grassi, de 41 anos, também de Três Lagoas, que desembarcou na Rússia no dia 28 deste mês, já com ingressos comprados para as quartas de final, semifinal e final por preços entre 280 e 500 dólares, todos condicionados à presença do Brasil em campo. Mário Grassi também está aqui em Kazan.