ACOMPANHE-NOS    
DEZEMBRO, QUARTA  08    CAMPO GRANDE 27º

Esportes

Em busca do hexa no futsal, Brasil encara o Marrocos na Copa do Mundo

Equipe nunca ficou fora de uma Copa do Mundo, estando nas oito edições, e quer seguir no topo

Por Nyelder Rodrigues | 26/09/2021 08:15
Brasil teve que passar pelo Japão nas oitavas de final da Copa do Mundo de Futsal, na Lituânia (Foto: FIFA/Getty Images)
Brasil teve que passar pelo Japão nas oitavas de final da Copa do Mundo de Futsal, na Lituânia (Foto: FIFA/Getty Images)

O Brasil tem mais uma parada dura neste domingo (26) pela Copa do Mundo Fifa de Futsal: após bater por 4 a 2 o Japão, em jogo muito disputado nas oitavas de final, a Seleção canarinho encara o Marrocos nas quartas de final. O duelo acontece a partir das 9h (horário de MS) e acontece na Lituânia, país europeu.

A equipe chega às quartas de final com 100% de aproveitamento. Foram três vitórias na primeira fase, diante de Vietnã, República Tcheca e Panamá, além de do triunfo contra os japoneses. Até aqui, o Brasil marcou 22 gols e sofreu apenas quatro.

"A gente sabe que do nosso lado tem o favoritismo e tem que ter, isso é Seleção Brasileira. É diferente se a gente pegasse Portugal, Espanha, porque aí é igual na semifinal, quem chega nas semis está entre os quatro. A Seleção tem que estar entre os quatro sempre, em todas as competições", afirma o capitão Rodrigo.

O Brasil defende uma hegemonia expressiva no Mundial. Além de ter participado de todas as oito edições anteriores, o time alcançou seis decisões e venceu cinco, número que coloca a Seleção Brasileira como a maior vencedora da competição.

Essa é a primeira vez que o Brasil entra em quadra em uma Copa do Mundo da modalidade após a aposentadoria do craque tido com o melhor de todos os tempos, Falcão. Em 2016, última competição dele pela Seleção, o Brasil foi eliminado nas oitavas pelo Irã, que acabou ficando com o terceiro lugar - o título ficou com a Argentina.

A Seleção Brasileira é a maior vencedor com um tricampeonato em 1989, 92 e 96. Já em 2000, o título ficou com a Espanha, assim como em 2004 - nesses anos as finais foram contra Brasil e Itália, respectivamente. Já em 2008 no Brasil, a canarinho venceu a Espanha e conquistou o tetracampeonato mundial.

Essa mesma final se repetiu em 2012, na Tailândia, com o Brasil novamente vencendo. Em 2016 o torneio foi disputado na Colômbia, e foi o primeiro com o Brasil fora dos três primeiros colocados. A vice-campeão foi a Rússia, com Portugal em quarto.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário