A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

11/04/2015 20:11

Em tarde de Ceni, Ganso e Pato, Tricolor goleia e se classifica para a semi

Daniel Machado
Ceni fez a diferença com as mãos e com os pés, com um gol de falta aos 44 do primeiro tempo. (Foto: Lance!Press)Ceni fez a diferença com as mãos e com os pés, com um gol de falta aos 44 do primeiro tempo. (Foto: Lance!Press)

Mais do que vencer o Red Bull por 3 a 0 e se classificar para a semifinal do Paulistão, o São Paulo superou a desconfiança de sua torcida e voltou a jogar bem.

Foi um jogo de redenção sobretudo para alguns atletas, que até então oscilavam bons e maus momentos, como Rogério Ceni, Alexandre Pato e Ganso, que no início do jogo teve seu nome vaiado ao ser anunciado nos alto-falantes do Morumbi.

Mas o Tricolor demorou a se encontrar e deu chance para o Red Bull abrir o placar, o que só não ocorreu graças a duas intervenções à queima roupa do goleiro são-paulino.

E o Mito faria a diferença também com os pés e, aos 44 minutos do primeiro tempo, marcou um golaço em cobrança de falta no canto médio direito do goleiro Juninho, o 127º gol de sua carreira.

Daí em diante, o São Paulo se transformou em outra equipe. Vibrante, Ceni agitou os companheiros e membros da comissão técnica na saída para o vestiário.

No segundo tempo, foi a vez de Pato se redimir. Aos 5 minutos, num lindo lançamento de Paulo Henrique Ganso, que mesmo caindo conseguiu encontrar o companheiro e deixá-lo na cara do gol. Gol de Alexandre Pato.

Depois foi a vez de Michel Bastos, o melhor em campo, encontrar Ganso e cruzar na cabeça do meia, que só teve o trabalho de deslocar o goleiro e tocar no canto esquerdo.

Agora o São Paulo aguarda para saber quem será o seu adversário na fase final do Paulistão, mas só não enfrenta o Santos se o Peixe for eliminado amanhã diante do XV de Piracicaba, nas quartas-de-final na Vila Belmiro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions