A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

30/09/2013 17:12

Empresário tenta idenficar autor de garrafada em bandeirinha no Morenão

Helton Verão
Garrafa atingiu Bruno aos 8 minutos do segundo tempo, logo após o gol anulado de Alexandre Pato (Foto: Reprodução / Sportv)Garrafa atingiu Bruno aos 8 minutos do segundo tempo, logo após o gol anulado de Alexandre Pato (Foto: Reprodução / Sportv)

Nem tudo está perdido para o Corinthians, sobre a possibilidade de perder mais mandos de jogos em razão da garrafa de plástico atirada por um torcedor na tarde de ontem, durante o jogo com a Portuguesa, no estádio Morenão. O organizador do evento trabalha para identificar o autor da agressão, que atingiu bandeirinha Bruno Salgado Rizo. Se acontecer, o clube pode ser absolvido da acusação.a

“Com a ajuda da Polícia e da segurança no estádio estamos tentando identificar esta pessoa, tudo para não prejudicar o clube que veio jogar na nossa cidade”, lamenta o empresário Eduardo Maluf.

O objeto atingiu a cabeça do bandeirinha, que comunicou o árbitro Raphael Claus. O fato foi mencionado na súmula. "Foi atirada uma garrafa plástica de água contendo líquido em seu interior, atingindo a cabeça do árbitro assistente nº 2. A mesma foi atirada do local onde se encontrava a torcida do S.C. Corinthians Paulista. Informo que o Assistente não necessitou de atendimento médico", escreveu Claus.

Histórico - Se não for identificado o autor, o Corinthians que já será obrigado a cumprir quatro jogos sem jogar em São Paulo pode piorar sua situação e ficar mais dez. Assim o clube não atuaria no Pacaembu mais este ano.

De acordo com o artigo 213 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), a pena por "deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir lançamento de objetos no campo ou local da disputa do evento desportivo" varia de R$ 100 a R$ 100 mil, além da perda de um a dez jogos de mando.

A equipe também foi punida na Copa do Brasil, por conta dos torcedores que usaram sinalizadores no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde, no jogo de ida contra o Luverdense. A perda de dois mandos poderá fazer com que o Corinthians jogue uma eventual final longe de São Paulo.



tem que ser punido sim,para que haja paz nos estadios,,,la em coxim os torcedores do operario foram agredidos na hora de ir ao banheiro,,,,,tem que ser punido o coxim sim,,,pessoas de bem estao parando de ir aos estadios por isso
 
luiz eduardo em 30/09/2013 19:31:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions