A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 16 de Julho de 2018

29/12/2016 18:10

Esperando a liberação do Morenão, mandantes têm plano B para o Estadual

Amanda Bogo

As obras de reparo no Estádio Morenão seguem o cronograma, e a meta é que tudo esteja pronto até o início do Campeonato Estadual do próximo ano. Mesmo animados com a previsão, Operário e Comercial, que farão suas partidas no Estádio, já trabalham com “plano B” para caso algum imprevisto aconteça. Isso inclui jogar em outros locais a até pedir adiamento dos confrontos iniciais.

O Comercial enfrenta o Novoperário no dia 29 de janeiro. Segundo o presidente do time, Valter Mangini, o estádio das Moreninhas é a primeira opção do time caso o Morenão não esteja apto para receber as partidas.

“Já oficializamos isso com a Federação e vamos mandar nosso jogo lá. Acredito que vá ser liberado sem problema nenhum, a nossa confiança é essa. Não gostaríamos de jogar nas moreninhas, mas preferimos jogar em Campo Grande pela torcida”, afirmou.

Estevão Petrallas, presidente do Operário que joga no dia 28, vê uma postura mais radical quanto ao assunto: pedir o adiamento do início da competição. Uma reunião com a FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) e com o Comercial foi realizada para formalizar o pedido. "O Operário não joga em outro campo que não seja o Morenão. Preferimos que a Federação adie em dez ou quinze dias para não ter problemas técnicos. O clube tem investimentos a custo disso e grande responsabilidade na reabertura do Morenão, os jogadores vieram sabendo que jogariam lá".

Conforme Petrallas, mesmo com o devido respeito ao espaço nas Moreninhas, a mudança de campo acarretaria problemas para os jogadores, torcedores e para a imprensa que faria a cobertura do evento esportivo. "Eu não quero pensar em plano B de jeito nenhum, mas a minha sugestão é que haja adiamento, que atrase uma semana a tabela ou que se apresse os laudos. Mas jamais procurar solução paliativa. Isso causa perda de qualidade nos jogos, na transmissão e para o torcedor, que fica descoberto e exposto a 40ºC nas Moreninhas".

De acordo com o vice-presidente da FFMS, Marco Tavares, não existe a possibilidade de adiar os jogos, e o mais viável é alterar os locais da partida. “Se não ficar pronto não tem rodada no Morenão, mas o Estadual vai começar no dia 28. Tem a Moreninhas como opção, que vai estar disponível”.

Tavares acredita que apesar da preocupação, o estádio universitário estará apto para receber as partidas. “Fizemos o primeiro corte do gramado, ele foi adubado, além da cobertura de terra, nova areia, tudo para o gramado ficar em condições de jogo”, finalizou.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions