A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/07/2015 11:43

Estruturalmente o Morenão está em boas condições, diz engenheiro após vistoria

Paulo Nonato de Souza
Os engenheiros Carlos Portugal e Eduardo Aleixo em cima da marquise do Estádio Morenão (Foto: Marcos Ermínio)Os engenheiros Carlos Portugal e Eduardo Aleixo em cima da marquise do Estádio Morenão (Foto: Marcos Ermínio)

O engenheiro Carlos Liberato Portugal, professor do curso de engenharia da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e especialista em estrutura de concreto, disse esta manhã, após vistoria realizada a pedido do Ministério Público Estadual, que a estrutura do Estádio Morenão está em boas condições e que nada mudou nos últimos 40 anos. Principal praça esportiva do estado, o estádio foi inaugurado há 44 anos e está interditado pelo MPE desde outubro de 2014 sob a justificativa de que oferece risco à segurança dos torcedores.

“Estruturalmente está tudo perfeito. Procuramos minunciosamente qualquer tipo de defeito na estrutura do estádio, mas não achamos nada. Não tem nada”, declarou Carlos Portugal após caminhar pela marquise do estádio acompanhado do também engenheiro, Eduardo Aleixo.

Apesar do entusiasmo manifestado em relação as condições estruturais do estádio, Carlos Portugal não fez previsão sobre a liberação ou não do Morenão por parte do Ministério Público Estadual para voltar a receber eventos. “Feita a vistoria, o segundo passo será a elaboração do nosso parecer, que encaminharemos para a Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul, e a Federação fará o encaminhamento para o MPE”, comentou.

Na vistoria desta quarta-feira, os engenheiros avaliaram especialmente as condições da marquise do estádio. Ontem, uma equipe do Corpo de Bombeiros vistoriaram as rampas de acesso e o setor das arquibancadas cobertas. “Os bombeiros também vão elaborar o parecer deles, mas já sinalizaram a necessidade de instalação de corrimão nos vestiários, colocação de lâmpadas de emergência e limpeza geral do estádio”, disse José Luiz, funcionário da área de administração do Morenão.

A marquise do estádio foi o foco principal dos engenheiros Carlos Portugal e Eduardo Aleixo (Foto: Marcos Ermínio)A marquise do estádio foi o foco principal dos engenheiros Carlos Portugal e Eduardo Aleixo (Foto: Marcos Ermínio)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions