A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

10/02/2015 16:44

Federação contesta o Ubiratan e diz que médico só não estava perto da ambulância

Paulo Nonato de Souza

A Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul (FFMS) divulgou nota nesta terça-feira, 10, contestando a denúncia feita ontem pela diretoria do Ubiratan de Dourados de que não havia médico credenciado pelo CRM (Conselho Regional de Medicina) em seu jogo contra o Ivinhema, no último domingo, no Estádio Andradão, em Nova Andradina, pela segunda rodada do Campeonato Estadual.

“Esclarecemos que o médico se encontrava nas dependências do estádio, apenas não próximo da ambulância”, disse a nota da FFMS. Ressalta que “o atendimento foi feito pelo Dr. Sandro Roberto Hoici CRM nº 3101/MS conforme consta em súmula apresentada pelo árbitro da partida, Paulo Henrique de Melo Salmázio”, diz a entidade.

Pelo regulamento do campeonato, nenhum jogo pode ser iniciado sem que uma ambulância equipada e paramentada, com médico devidamente credenciado pelo Conselho Regional de Medicina, esteja estacionada dentro do estádio.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions