ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SEXTA  01    CAMPO GRANDE 35º

Esportes

Franceses esquecem as diferenças na celebração do título, relata jornalista

Seleção da França derrotou a Croácia por 4 a 2, em Moscou, e conquistou o bicampeonato neste domingo

Gabriel Neris | 15/07/2018 18:13
Jornalista acompanhou fase final do torneio em Paris e relata momento de união do país (Foto: Arquivo pessoal)
Jornalista acompanhou fase final do torneio em Paris e relata momento de união do país (Foto: Arquivo pessoal)

Como não poderia ser diferente a França está em festa pela conquista do bicampeonato Mundial neste domingo (15). Milhares de pessoas tomaram conta da Champs Elysees, em Paris. Entre a multidão está o jornalista e colunista do Campo Grande News Manoel Afonso.

Ele conta que acompanhou toda a partida entre França e Croácia na região. “Torci pelo bom futebol e sem dor de cotovelo”, brincou.

A partida em Moscou terminou com vitória francesa por 4 a 2. O jornalista conta que o título será importante para a aceitação de pessoas de diferentes etnias no país. “Senti que a vitória reforçou a integração da raça negra pelo fato do bom desempenho dos craques negros do time”, descreveu.

Na lista de bons jogadores negros estão Kanté, Matuidi, Mbappé e Pogba. “As pessoas esquecem as diferenças e se unem”, comenta. “Brancos e negros comemorando juntos. São os novos franceses quebrando tabus”, completa.

Outra situação durante a festa de comemoração na capital francesa é a possibilidade de ataques terroristas, principalmente com a aglomeração de pessoas. De acordo com o jornalista, barcos e helicópteros da polícia monitoram a situação, porém até a publicação desta matéria nenhum incidente havia sido registrado. “Muçulmanos e cristão estão comemorando”.

Manoel Afonso conta ainda que no sábado acompanhou uma festa musical na Torre Eiffel e classificou a segurança como como “loucura”.

Dentro de campo a França confirmou o seu favoritismo e derrotou a Croácia por 4 a 2. O placar foi aberto aos 18 minutos de jogo. Griezmann bateu falta e Mandzukic desviou, marcando contra. Perisic empatou para os croatas 10 minutos depois.

Os franceses voltaram a ficar na frente do placar com a ajuda do árbitro de vídeo. Matuidi cabeceou e a bola tocou na mão de Perisic dentro da área. Após consultar as imagens, o árbitro Nestor Pintana marcou pênalti. Griezmann bateu e fez 2 a 1 França.

O início do segundo tempo foi fundamental para a os franceses conquistarem o troféu. Pogba e Mbappé marcaram aos 13 e 19 minutos, respectivamente. Na sequência a Croácia ainda chegou ao segundo gol na falha do goleiro Lloris. Ele tentou driblar Mandzukic, mas perdeu a bola e sofreu o gol.

A França conquista o seu segundo título Mundial (1998 e 2018). Do outro lado, a Croácia termina com a sua melhor campanha na história, superando o terceiro lugar de 20 anos atrás. Em terceiro lugar terminou a Bélgica, que derrotou a Inglaterra por 2 a 0. A Fifa escolheu o croata Modric como o craque da competição. Mbappé ganhou o prêmio revelação. Cortouis (Bélgica) foi eleito o melhor goleiro e Harry Kane (Inglaterra) terminou como artilheiro com 6 gols.

Nos siga no Google Notícias