A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

26/05/2013 18:48

Grêmio vence o Náutico e espanta turbulência na 1ª rodada do Brasileirão

Paula Maciulevicius
Barcos protege a bola na partida entre Grêmio e Náutico pelo Campeonato Brasileiro. (Foto: Lucas Uebel/GREMIO FBPA)Barcos protege a bola na partida entre Grêmio e Náutico pelo Campeonato Brasileiro. (Foto: Lucas Uebel/GREMIO FBPA)

O Grêmio mudou, e o resultado também. Na 1ª rodada do Brasileirão o time que venceu o Náutico neste domingo em nada parecia o que vinha de más atuações, como a recente eliminação da Libertadores. No estádio Alfredo Jaconi, o 2 a 0 premiou a boa atuação gaúcha e reverteu quadro em favor de Luxemburgo.

O técnico viveu momentos tensos na última semana. Esteve ameaçado de queda e recebeu da direção a seguinte informação: o trabalho seria avaliado de perto no início do nacional.

Em campo, o Náutico, por sua vez, não conseguiu atingir a meta de apagar o mau início de temporada. Fora das finais do Estadual e da Copa do Brasil, o time comandado por Silas não apresentou novidades ou evoluções consideráveis.

Nos 10 primeiros minutos, o Tricolor procurou os caminhos para entrar na defesa pernambucana. E não demorou a achar. Aos 14, Vargas cruzou e Barcos venceu a marcação, mas acabou chutando fraco para boa defesa de Felipe. No minuto seguinte, porém, Souza foi enfiado na área e em vez de bater escorou para Zé Roberto. Sem goleiro o meia colocou na rede: 1 a 0.

Aos 17, o Grêmio por pouco não fez o segundo. Vargas cabeceou para fora. E uma nova oportunidade foi perdida aos 19. Escanteio batido por Zé Roberto, Souza desviou de cabeça e Bressan completou por cima. A superioridade era evidente e a eliminação recente da Libertadores em nada afetava a equipe.

Atrás no placar, o Náutico tentou emparelhar as forças. O ímpeto ofensivo oponente e a vantagem retraíram o Grêmio, mas não evitaram o domínio do jogo. Centralizador das ações de meio, Souza fez uma das melhores partidas nesta temporada. Lembrando a movimentação do ano passado, ele chegou com facilidade ao ataque, algo inédito em 2013. Durante a semana, Elano comentou que a movimentação de 2012 seria retomada. O grande beneficiado foi o volante. E o primeiro tempo acabou com 1 a 0 para os gaúchos.

O Grêmio recuou nos 45 finais. As boas trocas de passes tiveram velocidade reduzida, mas a vantagem no jogo se manteve pela fragilidade oponente. O Náutico, nem assim, conseguiu assustar. O time de Porto Alegre sempre esteve mais perto de ampliar do que sofrer o empate.

A partir dos 15 minutos, a pressão gremista fez do jogo um treino de ataque contra defesa.Tanto foi, que o segundo gol aconteceu. Souza cruzou e Elano marcou de cabeça aos 25 minutos do segundo tempo. O 2 a 0 deu tranquilidade ao time tricolor e sentenciou a conquista de três pontos na estreia do Campeonato Brasileiro. Algo que não acontecia há 5 anos.

E a vantagem poderia ter sido ainda maior. Barcos teve boas chances em chutes de fora da área. Guilherme Biteco entrou bem no jogo e passou a criar boas oportunidades, mas nada mais era necessário. O jogo estava resolvido. (Com informações do UOL Esporte)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions