A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

29/11/2017 23:34

Gremistas lotam CTG e comemoram tricampeonato continental do clube

Nyelder Rodrigues
Gremistas se reuniram no CTG para torcer na final (Foto: Marcio Cavanha)Gremistas se reuniram no CTG para torcer na final (Foto: Marcio Cavanha)

A noite foi de festa para os gremistas. Em Campo Grande, o movimento não era tão grande nos bares, mas o contraponto foi a presença em massa no CTG (Centro de Tradições Gaúchas) Tropeiros da Querência.

O tricolor conquistou seu terceiro título da Copa Libertadores nesta quarta-feira (29) ao vencer o Lanús por 2 a 1, na Argentina - no duelo de ida em Porto Alegre (RS), o placar foi 1 a 0 para o Grêmio.

"Dá outra vez [se referindo ao título da Copa Libertadores de 1996, com Felipão no comando] eu estava em Porto Alegre. Agora estou aqui em Campo Grande na maior felicidade junto com nossos amigos e família", comenta o patrão do CTG, Marcio Cavanha.

A vitória foi construída ainda no primeiro tempo, com gols dos atacantes Fernandinho e Luan. O gol de honra do Lanús veio só na etapa final. "O pessoal já estava festejando depois do intervalo, acreditávamos que o título já era nosso", diz Marcio, que completa. "O pessoal veio em massa e foi bem bacana".

O título conquistado hoje fez os torcedores relembrarem o primeiro, conquistado em 1982, ainda com Renato Portaluppi, ou Renato Gaúcho, como jogador - depois campeão do mundo.

"Em 82 eu tinha oito anos e ouvi pelo rádio. O Renato já era um ídolo. É nisso maior ídolo depois do Everaldo. E tem outros ainda, Danrlei, Jardel, Paulo Nunes", comenta o gremista Adair Hübner.

Movimento nos bares foi menor, mas gremistas marcaram presença (Foto: Paulo Francis)Movimento nos bares foi menor, mas gremistas marcaram presença (Foto: Paulo Francis)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions