A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

09/08/2016 22:59

Já classificada, Seleção Feminina "tira o pé" e empata sem gols

Nyelder Rodrigues
Com a camisa 14, braçadeira e flâmula, Bruna Benites voltou a ser capitã da equipe nesta terça (Foto:  Ricardo Stuckert/CBF)Com a camisa 14, braçadeira e flâmula, Bruna Benites voltou a ser capitã da equipe nesta terça (Foto: Ricardo Stuckert/CBF)

Fechando a participação na primeira fase das Olimpíadas Rio 2016, a Seleção Brasileira Feminina de futebol garantiu a liderança do Grupo E ao empatar sem gols com a África do Sul nesta terça-feira (9), na Arena da Amazônia, em Manaus (AM).

Sem sofrer gol nas três primeiras partidas, o Brasil avançou para as quartas de final, com sete pontos conquistados. No duelo de hoje, várias atletas foram poupadas para a fase final da competição, entre elas a camisa 10 Marta.

Com isso, quem saiu do banco e jogou, assumindo a braçadeira de capitã, foi a zagueira Bruna Benites. Nascida em Cuiabá (MT) mas radicada em Campo Grande - onde mora toda a família dela -, a atleta jogou os 90 minutos.

Revelada na equipe feminina do Comercial, Bruna, que tem 31 anos, era a capitã o time até 2015, quando lesionou na véspera do Mundial e, ao voltar, acabou perdendo a titularidade.

Jogo - Empurradas pelos 42 mil torcedores presentes na Arena da Amazônia, as meninas da Seleção Brasileira dominaram as ações e criaram as melhores oportunidades de gol do primeiro tempo. Aos 20 minutos, em jogada área, Poliana usou a cabeça para assustar Barker.

Quatro minutos depois, de fora da área, Tamires obrigou a goleira sul-africana a espalmar a bola para escanteio. Aos 38, Debinha ficou muito perto de balançar as redes, mas a finalização da camisa 7 parou na trave.

Com maior posse de bola, o Brasil voltou do intervalo buscando furar o bloqueio defensivo da África do Sul. Aos 31 minutos, Érika quase marcou após cobrança de escanteio de Marta. O Brasil aumentou a pressão na reta final e criou boas chances.

Aos 37, Fabiana recebeu lançamento em profundidade, chutou de primeira, mas a goleira Barker salvou com as pontas dos dedos. Aos 43, foi a vez de Raquel obrigar a goleira a fazer grande defesa e o placar se manteve zerado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions