ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 21º

Esportes

Ginastas do Centro-Oeste competem por uma vaga no nacional

Torneio Regional de Ginástica Rítmica Centro-Oeste foi realizado no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora hoje

Por Gabrielle Tavares e Maryele Barros | 06/08/2022 16:19
Mais de 100 atletas competiram na etapa regional. (Foto: Kísie Ainoã)
Mais de 100 atletas competiram na etapa regional. (Foto: Kísie Ainoã)

Ao todo, 45 atletas de Campo Grande participam da etapa Regional de Ginástica Rítmica Centro-Oeste, no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, neste sábado (6). Um grupo da Capital ganhou medalha de ouro e garantiu participação na etapa nacional, que será realizada em São Paulo.

Ao final de cada bloco eram anunciadas as selecionadas. Para alegria do trio sul-mato-grossense formado por Ketllyn Souza, 17, Isabella Mendonça, 16, e Ana Beatriz Aquino,13, elas conseguiram garantir o primeiro lugar na categoria adulto e já estão ansiosas para viajar até São Paulo para competir.

“Nossa, é muito emocionante porque nunca competi em coletivo. Queremos alcançar melhores resultados e alcançar o nacional. Até hoje de manhã nossa expectativa era classificar”, apontou Ketllyn.

Ganhadoras da categoria adulto Ketllyn Souza, Ana Beatriz Aquino e Isabella Mendonça. (Foto: Kísie Ainoã)
Ganhadoras da categoria adulto Ketllyn Souza, Ana Beatriz Aquino e Isabella Mendonça. (Foto: Kísie Ainoã)

Já Ana Beatriz, a caçula do grupo que precisou subir de nível para participar com as colegas, disse que encarou o desafio como gente grande. “Por estar competindo em uma categoria adulto encaro com muita responsabilidade, ainda mais por ser uma categoria nova no torneio”, enfatizou.

A categoria em trio só foi acrescida neste ano no torneio. Até na edição anterior, só podiam competir em duplas.

São quatro modalidades: pré-infantil, de 9 a 10 anos; infantil, de 11 a 12 anos; juvenil, de 13 a 15; e adulto acima dos 16. As meninas podem se apresentar individualmente ou em coletivo, de 3 a 5 meninas.

Outro grupo de Mato Grosso do Sul que também pretende alcançar a etapa regional é o grupo juvenil Giulia Althoff, 14, Maria Eduarda, 15, e Mariele de Castro, 13.

Grupo juveniil formado por Giulia Althoff, Maria Eduarda e Mariele de Castro. (Foto: Kísie Ainoã)
Grupo juveniil formado por Giulia Althoff, Maria Eduarda e Mariele de Castro. (Foto: Kísie Ainoã)

“Nós já estamos com a mala debaixo da cama, pronta para colocar a roupa e ir", garantiu o grupo.

Hoje foi a primeira competição de Alice Bacanelli, de apenas 10 anos. Ela é atendida pelo projeto da Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul) na Moreninha, onde treina três vezes por semana, há um ano. Apesar de nervosa, ela disse que estava muito feliz de participar.

“É meu sonho ser ginasta então eu tava nervosa de estar participando. Quero praticar bastante para conseguir ir para o nacional”, disse.

Atleta Alice Bacanelli, que competiu pela primeira vez. (Foto: Kísie Ainoã)
Atleta Alice Bacanelli, que competiu pela primeira vez. (Foto: Kísie Ainoã)

A competição foi transmitida pelo Youtube e só puderam acompanhar de perto no ginásio amigos e familiares das competidoras. Até os jurados, compostos por 12 pessoas, avaliaram as apresentações pela transmissão ao vivo, examinando dificuldades corporais, com o aparelho, execução, e o lado artístico das apresentações.

De todo Centro-Oeste foram 110 meninas competindo. Na Capital, elas treinam em projetos da Fundesporte, Jacques da Luz e Assumagir (Associação Sul-Mato-Grossense de Ginástica Ritmica).

Nos siga no Google Notícias