A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018

25/02/2018 09:21

Meninos da Capital embarcaram pelo sonho de jogar em time grande

Rauley e Adryan foram descobertor por olheiro e participarão de semana de treinamento no Palmeiras

Gabriel Neris e Bruna Kaspary
Adryan e Rauley embarcaram neste domingo para São Paulo, onde farão teste no Palmeiras (Foto: André Bittar)Adryan e Rauley embarcaram neste domingo para São Paulo, onde farão teste no Palmeiras (Foto: André Bittar)

Rauley Ferreira Mendes Pitaluga, de 10 anos, e Adryan Victor Xavier Bento, de 11 anos, embarcaram na manhã deste domingo (25) para São Paulo. Na bagagem estão levando o sonho de se tornar jogadores de futebol. A dupla ficará pelo menos uma semana na capital paulista treinando no Palmeiras.

Antes do embarque, os meninos não escondem a ansiedade. Dormir na noite de sábado foi um desafio. “Descansei, mas dormir não foi fácil”, conta Adryan, que mora no bairro José Pereira. Rauley reside no Vida Nova 2. Os familiares foram até o Aeroporto Internacional de Campo Grande para se despedir e desejar boa sorte aos meninos. Nervosos, os meninos só esperam que passem no teste.

Adryan e Rauley treinam no Náutico Futebol Clube, escolinha localizada no bairro Santo Antônio, Campo Grande. O presidente do clube e treinador Julio Cezar Ramos acompanhará os meninos. Segundo ele, será uma semana de treinamento podendo ser estendida para 15 dias. A partir daí voltarão ao Palmeiras a cada três meses até que completem os 14 anos de idade e possam ficar alojados no próprio clube.

Presidente do clube Julio Cezar Ramos acompanhará os meninos (Foto: André Bittar)Presidente do clube Julio Cezar Ramos acompanhará os meninos (Foto: André Bittar)

Julio Cezar conta que os jogadores foram descobertos através de Sérgio Passarinho, olheiro do Palmeiras, convidado para acompanhar um torneio realizado no bairro Estrela do Sul, em Campo Grande.

O treinador e presidente do Náutico FC diz que tem conversado com os meninos para que não deixem a ansiedade tomar conta e atrapalhar o desempenho no Palmeiras. “Conversamos bastante, sobre ambiente, a mudança de estado, sobre conhecer meninos de outras regiões, até com mais qualidade dos daqui”, diz.

Os meninos saíram do futsal e foram para o futebol de campo há pelo menos um ano. Segundo o presidente do clube, o objetivo do projeto é formar o cidadão. “Preparar para qualquer evento da vida”, lembra. Ele diz que outros meninos estão pré-agendados para fazer testes simulares no Atlético Paranaense e também no Fluminense, mas ainda não há data disponível.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions