A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

26/08/2018 09:10

Na festa de 119 anos, Corrida do Facho tem 1ª prova feminina

“Estamos fazendo história. É a primeira vez que as mulheres correm”, afirma Luciana Fernandes

Aline dos Santos e Kleber Clajus
Na festa de 119 anos, Corrida do Facho tem 1ª prova feminina
Prova de revezamento é tradicional  no aniversário de Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami)Prova de revezamento é tradicional no aniversário de Campo Grande. (Foto: Henrique Kawaminami)

A tradicional Corrida do Facho, prova de revezamento que marca a programação de aniversário de Campo Grande, teve uma novidade em 2018: a prova para mulheres. A primeira competição feminina foi vencida pela equipe Fartlek A.

“Estamos fazendo história. É a primeira vez que as mulheres correm”, afirma a cabeleireira Luciana Fernandes, 43 anos, que participou da prova.

Na equipe vencedora, a empregada doméstica Fabiane Souza Dutra, 29 anos, era uma mistura de alegria e fôlego. Ontem à noite, foi a segunda colocada na corrida da Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores).

Na manhã deste domingo, aprovou o tempo frio. “O tempinho estava gostoso e o percurso bem tranquilo”, diz. A prova feminina teve 12 equipes inscritas. As mulheres correram cinco quilômetros. Cada equipe tem sete participantes, cinco correm o revezamento e duas são reservas. As vencedoras percorreram o trajeto em 23 minutos. Fartlek é um estilo de treino.

A prova masculina teve percurso de 10 quilômetros. Cada equipe tem 12 pessoas, sendo 10 no revezamento e dois na reserva. A competição masculina teve nove equipes inscritas. A vencedora foi a Percurso Livre, com tempo de 34 minutos e 14 segundos, três a menos do que a segunda colocada. A equipe do CMO (Comando Militar do Oeste) fechou a prova com 34 minutos e 17 segundos.

Atleta da equipe vencedora, Eder Vaz, 33 anos, conta que a Percurso Livre é bicampeã na corrida. “Os corredores de rua gostam desse tipo de prova, por ser revezamento, todos correm pelo mesmo objetivo”, diz. Ele é professor de Educação Física e já ganhou a prova sete vezes, correndo por três equipes diferentes.

Fabiane exibe medalha da primeira prova para mulheres. (Foto: Kleber Clajus)Fabiane exibe medalha da primeira prova para mulheres. (Foto: Kleber Clajus)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions