A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/06/2016 19:07

Nas universidades, atléticas difundem o esporte e integram acadêmicos

Amanda Bogo
Equipe da Atlética de Computação da UFMS antes da disputa de basquete nos Jogos de Sorocaba (Foto: Arquivo Pessoal)Equipe da Atlética de Computação da UFMS antes da disputa de basquete nos Jogos de Sorocaba (Foto: Arquivo Pessoal)

As associações atléticas acadêmicas já existem há mais de dez anos, mas foi em 2013 que aconteceu o auge dentro das universidades no Estado. As organizações têm como intuito promover o desporto dentro dos cursos e nas instituições, fazendo assim com que haja integração entre os alunos.

Cada curso tem a sua atlética, que reúne acadêmicos com interesse em modalidades esportivas individuais e coletivas para disputar campeonatos em Campo Grande e até fora do Estado. Algumas chegam a viajar centenas de quilômetros para competir em grandes eventos regionais e até nacionais. Para custear as viagens, elas realizam festas e venda de itens como camisetas, bonés, casacos, entre outros.

A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) é a pioneira no quesito de atléticas em Campo Grande. A do curso de Medicina é a mais antiga, tendo mais de 10 anos. Hoje, já são 19 associações, que se uniram em uma liga para dialogar com a direção da universidade e organizar um campeonato interno. 

O presidente da Liga das Atléticas da UFMS é o acadêmico do décimo semestre de Engenharia da Computação, Marcos Honorio Vieira. Segundo ele, as atléticas surgiram com o intuito de difundir o esporte dentro da vida acadêmica. “Aqui nós temos organismos que promovem a cultura, mas não tem representação para o esporte. A criação das atléticas veio sanar essa lacuna dentro das atividades que a universidade oferece, e com isso ganhou força e mecanismos de forte integração não só dentro dos cursos, mas entre todos os acadêmicos”.

Para Marcos o auge das atléticas na UFMS aconteceu em 2013. “As atléticas dos cursos de medicina e de direito deram essa grande proporção. Mas o ano marco da difusão foi 2013, quando surgiu um volume muito grande de associações e com a disputa dos jogos aqui dentro”, explicou.

O acadêmico ressaltou que as associações são independentes da universidade, não tendo nenhum vínculo fixo com a instituição. “Dentro da universidade não somos reconhecidos como entidade, e não acontece isso só aqui, mas nas particulares também. São trabalhos que a própria atlética desenvolve, recursos físicos, materiais. Por isso a necessidade de criar a liga, que aconteceu neste ano, para diminuir a distância entre as atléticas e da direção conosco”, afirmou.

No último mês, três atléticas da UFMS viajaram para outros Estados para participar de competições esportivas. O curso de direito viajou para Cascavél (PR), onde participou dos Jogos Jurídicos Paranaense. Já as engenharias foram até Ipatinga (MG) participar do Engenharíadas Mineiro. A delegação de computação foi para Sorocaba. “Ficamos em 11º de 14 atléticas. Levamos uma quantidade considerável de acadêmicos, tendo em vista o custo da viagem. E como as competições costumam ser centralizadas, acaba sendo mais caro para nós. Fazemos mobilização para levar os atletas”, contou.

 

 

Marcos (frente) junto com acadêmicos que viajaram para Sorocaba participar das competições. (Foto: Arquivo Pessoal)Marcos (frente) junto com acadêmicos que viajaram para Sorocaba participar das competições. (Foto: Arquivo Pessoal)

JOIA UCDB - A UCDB (Universidade Católica Dom Bosco) também possui atléticas que realizarão a partir de sábado (4) às 09 horas o JOIA (Jogos Interatléticas), no Poliesportivo Dom Bosco. O campeonato será disputado até domingo (5)

O acadêmico e diretor de eventos da atlética de fisioterapia, Luiz Henrique Pontes Santos, falou um pouco sobre o evento, que reunirá 10 associações da instituição. "Nós contratamos uma empresa que cuida da parte de organização, contratação de árbitros, locação do local. Na inscrição dos atletas para participar dos jogos nós recebemos uma lista de cada curso com todos os acadêmicos que estão matriculados e pedimos comprovante de matrícula de cada atleta". 

(Foto: Alcides Neto)(Foto: Alcides Neto)

Serão disputados jogos de futsal, basquete, handebol e volêi, ambos nas categorias masculina e feminina que terão arbitragem federada. O valor da inscrição por atlética para disputar o campeonato foi de R$ 1 mil.

Luiz disse que cerca de 3 mil pessoas devem acompanhar os jogos, e contou que a arrecadação do dinheiro foi feita por meio de realização de festas e de venda de artigos. "Nós da fisioterapia fizemos rifas e festas, além da venda de produtos para cobrir os gastos", disse, completando sobre a importância do evento, "Não tinhamos um torneio nosso, interno. E o Joia vem com o intuito de melhorar o esporte dentro da universidade e como forma de integração entre os cursos e os alunos", finalizou. 

 

Atletas de atléticas da UCDB treinando para a competição do JOIA que acontece neste fim de semana (Foto: Alcides Neto)Atletas de atléticas da UCDB treinando para a competição do JOIA que acontece neste fim de semana (Foto: Alcides Neto)
Três jogos fecham a quinta rodada do Brasileirão nesta quinta-feira
A 5ª rodada do Campeonato Brasileiro série A termina nesta quinta-feira (2) e terá três jogos, um às 19 horas e os outros dois às 21 horas (Brasília)...
Copa Sesc de futsal está com inscrições abertas e acontecem até o próximo dia 8
As inscrições para a Copa Sesc de Futsal, da unidade Camillo Boni, estão abertas e acontecem até o dia 08 de junho. A competição é voltada para atlet...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions