ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SEGUNDA  01    CAMPO GRANDE 23º

Esportes

Naviraiense deve ser eliminado da Copa do Brasil por irregularidade

Por Helton Verão, Gabriel Neris e Nyelder Rodrigues | 17/05/2013 13:29
Jacaré vinha fazendo história na competição (Foto: Tarso Sarraf / O Liberal)
Jacaré vinha fazendo história na competição (Foto: Tarso Sarraf / O Liberal)

Mal terminou a festa das duas classificações históricas e o balde de água fria já está por vir. O Naviraiense deve ser eliminado da Copa do Brasil 2013 por atuar com o jogador Luis Claudio Lima Conceição, o “Bahia”, de forma irregular, na primeira partida contra o Paysandu.

O atleta entrou aos 44 minutos da segunda etapa na partida de ida, no último dia 8, no estádio Virotão. Ele substituiu o camisa 10 Buiú, e entrou com a camisa 17. O contrato dele teria expirado um dia antes, no dia 7. Na ocasião, o Paysandu venceu a partida por 1 a 0. Na segunda partida, o atleta foi novamente relacionado, mas não entrou em campo.

A possibilidade do Jacaré do Conesul ser eliminado oficialmente é questão de tempo. O regulamento prevê a perda do dobro de pontos em disputa no caso de escalação irregular de qualquer jogador.

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) já encaminhou o caso ao STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportivo ), a equipe será julgada e provavelmente será confirmado o dobro de pontos ao Paysandu (seis pontos), eliminando assim a equipe sul-mato-grossense.

“A federação (FFMS) já entrou em contato com a gente avisando que o atleta estava irregular. O clima aqui é de velório. Ganhamos no campo duas classificações e corremos o risco de ser eliminados no papel por culpa apenas da gente. Estamos muito tristes”, comenta o técnico Paulo Rezende.

De acordo com o treinador, a premiação que a CBF concederia ao clube classificado, cerca de R$ 150 mil ainda não foi repassada ao clube. A previsão era para ela ser repassada ainda nesta semana.

O vice-presidente da FFMS, Marco Tavares, confirma a irregularidade e a provável eliminação. Os dirigentes da equipe de Naviraí não atenderam as ligações do Campo Grande News para se explicar o caso.

Por telefone, o prefeito Léo Matos (PV), atuante no futebol da cidade, afirmou que vai recorrer até as últimas instâncias para segurar a vaga do time. "Futebol se ganha no campo como ganhamos. Mas vão tentar levar essa no tapetão. Não havia irregularidade e vamos recorrer até as últimas instâncias".

Léo Matos participa de agenda política com o governador André Puccinelli (PMDB) em Eldorado, e ficou surpreso com a informação. Em breve ele volta para Naviraí para tratar da questão. Outro que inicialmente negou irregularidades aos jornalistas de Naviraí é o dirigente José Roberto Alves.

O Naviraiense estava fazendo história pelo futebol do Estado, se classificou na primeira fase eliminando a Portuguesa-SP e agora o Paysandu-PA. Na terceira fase o confronto seria contra o Atlético Paranaense. O prêmio para classificação nesta fase chega a R$ 400 mil.

(atualizada às 14h15)