A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/06/2014 17:57

No sufoco, Brasil vira e estreia com pé direito contra Croácia, 3 a 1

Helton Verão
No sufoco, Brasil vira e estreia com pé direito contra Croácia, 3 a 1
No sufoco, Brasil vira e estreia com pé direito contra Croácia, 3 a 1
Pênalti que o juiz japonês viu (Reprodução TV) Pênalti que o juiz japonês viu (Reprodução TV)
Neymar demonstrou nervosismo mas fez seu segundo na partida Neymar demonstrou nervosismo mas fez seu segundo na partida
Oscar festeja gol, após má fase e o nascimento da filha Oscar festeja gol, após má fase e o nascimento da filha

A seleção brasileira venceu a Croácia de virada por 3 a 1 na tarde desta quinta-feira (12), na Arena Corinthians, em São Paulo, na abertura da Copa do Mundo 2014. O time croata saiu na frente com um gol contra de Marcelo. Mas o Brasil virou com dois de Neymar e um de Oscar. Um dos gols do ex-santista, veio após pênalti inexistente em Fred.

O jogo - Apesar de toda empolgação e emoção dos jogadores antes do início da partida, a inspiração virou nervosismo, com um gol logo de cara, aos 10 minutos, mas para a Croácia. Olic cruzou da esquerda, a bola bateu em Marcelo e entrou.

O nervosismo aumentou. A equipe não conseguia criar. O único lance em que levou perigo dos 10 até oas 27 minutos foi com Oscar, Neymar fez boa jogada, bateu cruzado, de fora da área e o camisa 11 bateu colocado, mas Pletikosa foi bem.

O camisa 10 canarinho acabou perdendo a cabeça e acertando o braço em Modric, o árbitro não perdoou e aplicou o cartão amarelo.

Aos 28, a equipe conseguiu colocar a bola no chão e pensar. Oscar brigou e rolou para Neymar, que caminhou com ela e da entrada da área, bateu cruzado e colocado, sem chances para o goleiro Pletikosa, a bola ainda tocou a trave antes de entrar.

Depois disso, a seleção brasileira seguiu mantendo boa posse de bola, mas não conseguia acertar o gol croata.

Aos 40, Neymar sofre falta perto da área, e mesmo acertando seus 83% de cobranças no treino, o craque acabou atingindo a barreira.

O segundo tempo do jogo começou mais truncado que o primeiro, com a seleção brasileira com muita dificuldade de finalizar. Com as mesmas equipes, o Brasil tentava exercer pressão, mas sem sucesso.

Aos 15 minutos, as equipes resolveram fazer alterações. Enquanto Hernanes se aquecia, Kovacic entrava no lugar de Brozovic no meio de campo croata.

Mais tarde, aos 18, foi a vez de Hernanes no lugar de Paulinho.

A beira dos 20 minutos, Neymar insistiu em perseguir o adversário e roubou a bola, no dois contra dois, o camisa 10 não conseguiu o passe a Fred, mas acabou sofrendo dura.

Na cobrança, Dani Alves bateu por cima do gol.

Em seguida, Hulk saiu para entrada de Bernard.

Se não veio na cobrança de falta, veio na de pênalti. Aos 23 minutos, Fred recebe na área e é puxado por Lovren, pelo menos foi o que o árbitro viu. Pois na verdade não houve nada.

Na cobrança, o goleiro croata tentou desconcentrar Neymar e quase defendeu, mas a bola morreu no fundo do gol, Brasil 2 a 1.

Pressão – A Croácia, mordida pelo pênalti mal marcado, partiu para cima, muita pressão, a ponto de Felipão tirar Neymar de campo e colocar o volante Ramires.

E o próprio Ramires, roubou a bola no meio e tocou para Oscar que na jogada individual, bateu no canto do goleiro.

Final, Brasil 3 a 1 em cima da Croácia. O próximo jogo canarinho acontece na terça-feira (17), às 15 horas de MS, no Castelão em Fortaleza. A seleção croata viaja para Manaus, onde enfrenta Camarões, no dia seguinte, 18, às 18 horas.

A sexta-feira reserva nada menos que a reedição da última final da competição. Espanha e Holanda, na mesma Arena Amazônia, ás 15 horas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions