A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Abril de 2019

10/04/2019 17:45

Nova direção assume Naviraiense, mas descarta retorno imediato ao futebol

Clube não deve disputar Série B do Estadual deste ano e deve apostar em projeto de categorias de base.

Gabriel Neris
Nova diretoria assume Naviraiense (Foto: Divulgação)Nova diretoria assume Naviraiense (Foto: Divulgação)

Campeão sul-mato-grossense de 2009, o Naviraiense ficou inativo e consequentemente afastado do futebol profissional no ano passado e também em 2019. Uma nova diretoria está assumindo o clube, porém já avisou que as atividades por enquanto devem ser restritas, ficando de fora da Série B do Estadual deste ano.

Os boatos de um possível retorno do clube cresceram com a chegada da nova diretoria. O presidente do clube é João Luiz Pulquerio. Ele afirma que o clube de Naviraí, município localizado a 366 km de Campo Grande, só disputará a Série B caso tenha recursos garantidos para a Série A do ano seguinte. “Não adianta disputar a Série B e não ter recursos para a Série A”, disse.

Segundo ele, o foco inicial será desenvolver projetos que atendam crianças e jovens do município para posteriormente pensar no futebol profissional. As categorias de base devem atender inicialmente cerca de 400 pessoas.

Elenco campeão da Série A há 10 anos (Foto: Arquivo)Elenco campeão da Série A há 10 anos (Foto: Arquivo)

O Naviraiense se destacou no fim da década passada quando foi campeão estadual pela primeira vez. O título foi obtido sobre o Ivinhema. No ano seguinte disputou a final novamente e terminou em segundo lugar, perdendo a disputa para o Comercial. Voltou a decisão em 2013, mas deixou o título escapar para o Cene desta vez.

Em 2014 e 2015 chegou as semifinais, mas caiu nas duas oportunidades para Cene e Comercial, respectivamente. Em 2017 foi rebaixado para a segunda divisão. O time também tem o título da Série B de 2007.

Em 2010 disputou a Copa do Brasil pela primeira vez e enfrentou logo de cara o Santos de Neymar, Paulo Henrique Ganso e Robinho. Na Capital, sofreu derrota de 1 a 0, mas no litoral paulista sofreu a goleada de 10 a 0.

Na Copa do Brasil de 2013, o clube chegou a eliminar a Portuguesa (SP) em pleno estádio do Canindé, e também o Paysandu, em Belém. Antes de jogar a terceira fase do torneio, o clube foi julgado por escalação de jogador irregular e excluído do torneio no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions