A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

31/08/2014 12:03

Ouro nas Olímpiadas da Juventude, Layana é recebida com festa

Priscilla Peres
Atleta desfilou em carro do Corpo de Bombeiros. (Foto: Priscila Peres)Atleta desfilou em carro do Corpo de Bombeiros. (Foto: Priscila Peres)

A judoca Layana Colman, campeã mundial de judô na categoria individual, dos Jogos Olímpicos da Juventude de Nanquin 2014, na China, chegou hoje a Campo Grande. Ela foi recebida por dezenas de amigos, familiares e atletas e desfilou pela cidade em carreata, no carro do Corpo de Bombeiros.

Após a chegada, a carreata com dezenas de carros seguiu para uma chácara onde a comemoração acontece durante todo o dia. Layana conquistou a primeira medalha de ouro do Brasil nos Jogos Olímpicos da Juventude no dia 18 de agosto e no dia 21 ganhou a medalha de prata na categoria por equipe.

Há 20 dias de completar 18 anos, Layana derrotou quatro atletas para conquistar a medalha de ouro. "Não imaginava ganhar, mas u me preparei bem, sabia que imprevistos podiam acontecer mas não podia errar nada lá e eu consegui fazer tudo certo", conta a jovem que diz ter estudado todas as adversárias antes das Olimpíadas.

A carreira de destaque da judoca começou há oito anos, com aulas na Escola Municipal Santos Dumond. De lá para cá, foram várias viagens nacional e internacionais. "Minha primeira viagem foi para Rondônia em 2011, de lá conquistei vaga para o campeonato nacional e depois fui para a final do Pan-Americano no Chile", conta a jovem.

Hoje, Layana é motivo de orgulho para o treinador Igor Rocha e os outros atletas do Judô Club Rocha, em Campo Grande. A rotina inclui treinos 11 vezes na semana e muita perseverança. "Ela sempre se destacou, desde pequena e começamos a intensificar os treinos. Pouco tempo depois ela já estava ganhando prêmios", explica o técnico. Além dela, outros seis atletas do Club Rocha estação na seleção brasileira de Judô.

Ao lado da mãe, judoca participa de festa em chácara. (Foto: Pedro Peralta)Ao lado da mãe, judoca participa de festa em chácara. (Foto: Pedro Peralta)

A mãe Maria Lacerda, é só elogios para a filha campeã. "Ela tem foco e é muito determinada. Essa comemoração de hoje é o reconhecimento de todo o esforço dela", diz Maria que prefere não assistir as lutas da filha. "Eu não gosto de ver, mas fico em casa rezando por ela e apoiando sempre".

Campeonato - Segundo a CBJ (Confederação Brasileira de Judô), 103 atletas de 68 países participam da competição na China, sendo 51 no feminino e 52 no masculino. Os Jogos Olímpicos da Juventude são disputados no mesmo padrão das Olimpíadas.

O Brasil conquistou três medalhas em Nanquim, e chegou a 13 no total no evento realizado na China. Os responsáveis foram a ginasta Flavia Saraiva, e os tenistas Orlando Luz e Marcelo Zormann.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions