A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/06/2010 14:45

PM estima público na área da Cidade da Copa em 20 mil

Redação

A PM (Polícia Militar) estima em 20 mil pessoas o público presente na Cidade da Copa e nos arredores da estrutura montada para que o campo-grandense acompanhe os jogos da Copa do Mundo nos altos da Avenida Afonso Pena.

A equipe de segurança recebeu reforços da Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito) e Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crise e Operações Especiais).

A estimativa é do comandante da segurança, Major Emerson Carvalho, do 9° Batalhão da PM, que lembra do efetivo de 100 policiais atuando na segurança, com ajuda de 40 guardas municipais.

"A intenção é garantir a segurança de quem venha assistir aos jogos. Não está prevista realização de blitz ou abordagem do público", explicou o major PM.

Em alguns pontos, é possível observar menores consumindo bebida alcoólica. "Vamos tentar coibir os exageros", complementou o comandante.

Aperto - Vários torcedores que foram assistir ao jogo do Brasil contra a Coréia do Norte na Cidade da Copa reclamaram não ter conseguido ver a partida pelo telão.

"A cidade é legal, é bonita, mas ver o importante que é o jogo não dá, é impossível", reclama o estudante Henrique Sumioshi Tagushi, de 19 anos.

Ele foi ao local com um grupo de oito primos e primas, e todos garantem que não verão a próxima partida no local preparado para os torcedores campo-grandenses.

"Se o telão ficasse do lado de fora seria mais fácil de ver", arrisca o estudante. Nos altos da Afonso Pena, a estrutura montada para a Cidade do Natal no final do ano passado foi transformada no ponto de concentração dos torcedores para os jogos do Brasil.

Foi colocado um telão de 12m² em cima de um palco, em estrutura montada sob uma tenda que comportava cerca de 500 pessoas. Contudo, o público foi bem maior que os cinco torcedores que eram esperados e, segundo a Polícia Militar, chegou a 20 mil pessoas incluindo também quem estava nos altos da avenida Afonso Pena.

No intervalo da partida, muita gente que se "espremia" para ver o jogo no telão desistiu e foi passear pela Cidade da Copa, cuja estrutura conta com bares e brinquedos para crianças.

Havia dois televisores nas laterais do telão, mas que também não comportaram os torcedores.

A Polícia Militar confirmou que a falta de espaço causou "empurra-empurra" durante o jogo do Brasil.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions