A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 18 de Agosto de 2019

29/05/2019 13:26

Prefeitura vai retomar obra no Guanandizão e anuncia inauguração de pista

Terceira colocada da licitação para reforma do ginásio aceitou continuar o serviço iniciado pela vencedora

Jones Mário
Obras no Ginásio Guanandizão serão retomadas em junho, garante a Funesp (Foto: Marina Pacheco/Arquivo)Obras no Ginásio Guanandizão serão retomadas em junho, garante a Funesp (Foto: Marina Pacheco/Arquivo)

Durante evento para assinatura do decreto que regulamenta o projeto “Parceiros do Esporte e da Cultura”, na manhã de hoje, o diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esportes), Rodrigo Terra, anunciou a retomada da reforma do Ginásio Guanandizão para junho deste ano. Ainda segundo o titular da pasta, a nova pista de atletismo do Parque Ayrton Senna também já tem data para ser inaugurada.

“A terceira colocada vai assumir a obra do Guanandizão, vamos dar a ordem de serviço em junho, e já estamos negociando para trazer um grande evento na reinauguração, em 2020”, revelou Terra.

Vencedora da licitação para reformar o ginásio, a Ajota Engenharia e Construção desistiu da obra pouco menos de um mês após ter iniciado os serviços, em fevereiro deste ano. A empresa havia apresentado proposta de R$ 1,8 milhão para executar os serviços, que vão desde reparos no sistema hidráulico até pintura.

A terceira colocada da concorrência foi a Recoma Construções, Comércio e Indústria. De acordo com o prefeito Marquinhos Trad (PSD), a empreiteira deve executar os serviços licitados pelo mesmo valor proposto pela vencedora. No edital, a obra foi orçada em R$ 2,2 milhões.

Inaugurado em 1984, o Guanandizão está impedido de receber eventos desde 2014, por recomendação do Corpo de Bombeiros. A expectativa inicial da Funesp era reinaugurar o local em 30 de novembro de 2019.

Pista de atletismo – Rodrigo Terra também marcou para o dia 31 de agosto deste ano a inauguração da nova pista de atletismo do Parque Ayrton Senna. As obras foram retomadas em novembro do ano passado.

Os trabalhos no parque contemplam, além da pista de piso emborrachado de alto rendimento, a construção de um prédio de 200m², que funcionará como alojamento e vestiário. A pista tem padrão internacional, com 400 metros e 8 raias, além de iluminação específica.

A obra vai custar R$ 7,6 milhões, com R$ 6,909 milhões de recursos federais e R$ 765 mil da prefeitura.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions