A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018

07/08/2015 16:11

Regulamento muda e time de MS deixa Copa de futebol feminino em 10º lugar

Paulo Nonato de Souza
Sob o comando do técnico Luiz Fernando, as meninas da UCDB se despediram hoje da Copa Brasil Universitária de Futebol Feminino, em Maceió (Foto: Divulgação)Sob o comando do técnico Luiz Fernando, as meninas da UCDB se despediram hoje da Copa Brasil Universitária de Futebol Feminino, em Maceió (Foto: Divulgação)

O time da UCDB fez nesta sexta-feira o jogo de despedida na Copa Brasil Universitária de Futebol Feminino, que está sendo disputada desde a semana passada em Maceió, no Estado de Alagoas. Perdeu nos pênaltis (5 x 4) a decisão do nono lugar diante da Faculdade Osman da Costa Lins, de Pernambuco. No tempo normal o jogo terminou com o placar de 0 a 0.

Foi a segunda derrota em decisão nos pênaltis do representante sul-mato-grossense na competição. Antes, nas oitavas de final empatou em 0 a 0 no tempo normal com o Centro Universitário Celso Lisboa, do Rio de Janeiro, e perdeu nas penalidades por 5 a 3.

Na primeira fase, a UCDB venceu o Amapá por 7 a 0 e o Rio Grande do Norte por 3 a 1. O confronto desta sexta-feira seria pelo quinto lugar, mas o regulamento foi alterado a pedido do representante do Rio de Janeiro.

“De ontem para hoje mudou tudo aqui. O Rio de Janeiro fez uma reclamação e a CBDU (Confederação Brasileiro de Desporto Universitário) mudou a forma de disputa aprovada no congresso técnico. Em vez de jogar contra o Rio hoje pela quinta colocação, jogamos contra Pernambuco pelo nono lugar”, disse o treinador do time sul-mato-grossense, Luiz Fernando Borges Daniel. “O Rio alegou que estava errada a forma de disputa da terceira fase. Que era estranha era, mas todos os times estavam lá antes do sorteio dos jogos da segunda fase e ninguém reclamou”, lamentou.

Sobre a campanha do time da UCDB, o treinador Luiz Fernando Borges Daniel fez um balanço positivo e projetou melhor desempenho para a Copa do próximo ano. "Nossa participação foi boa. Foram quatro jogos, duas vitórias e dois empates. Infelizmente não tivemos sorte nos pênaltis, pois poderíamos ter chegado nas semifinais. Faltou experiência em futebol de campo", comentou.

A 2ª edição da Copa Brasil Universitária de Futebol Feminino, maior competição do gênero do país, se estenderá até o próximo domingo. Ao longo de uma semana reuniu mais de 600 atletas representando instituições de ensino superior dos 26 estados e do Distrito Federal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions