A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

11/09/2014 20:17

Sem obras, autódromo da Capital pode ficar fora da Stock Car em 2015

Michel Faustino
Última etapa da Stock Car realizada na Capital foi em 2011. (Foto: Fernanda Freixosa/Stock Car)Última etapa da Stock Car realizada na Capital foi em 2011. (Foto: Fernanda Freixosa/Stock Car)

Sem recursos para iniciar as obras de reforma e adequação do Autódromo Internacional Orlando Moura, na saída para Três Lagoas, Campo Grande pode ficar mais um ano fora do circuito da Stock Car. A última vez que uma prova da categoria foi realiza na Capital foi em 2011.

Os levantamentos realizados em maio deste ano, apontaram que o Autódromo precisaria passar por diversas adequações, principalmente nos traçados da pista. Na época, o prefeito Gilmar Olarte (PP), chegou a fazer uma visita técnica no local junto com o diretor-geral da Vicar, empresa organizadora da Stock Car, Mauricio Slaviero, e prometeu buscar parcerias com a iniciativa privada para realizar as obras e trazer a modalidade de volta a Capital em 2015.

De acordo com o diretor-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esporte), José Eduardo Amâncio da Mota, o Madrugada, devido ao corte de gastos, não será possível realizar as obras este ano. O diretor da Funesp admitiu que dificilmente a Capital receberá a competição no próximo ano.

“Infelizmente estamos nessa situação. Estamos em busca de parcerias, mas dificilmente vamos conseguir começar ou terminar as obras este ano e sabemos que a organização da prova precisa definir o calendário com antecedência e isso deixaria Campo Grande inapta a receber a competição”, disse.

Segundo Madrugada, a prefeitura ainda está em busca de parcerias para tentar iniciar as obras ainda no próximo ano, para que a Capital possa voltar a figurar no cenário do automobilismo nacional ainda no segundo semestre de 2015. Segundo ele, a reforma do Autódromo está orçada em aproximadamente R$ 4 milhões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions