A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

17/07/2016 15:13

Sob tensão e tentativa de golpe, grupo de MS tenta medalhas na Turquia

Fernanda Yafusso
Delegação de judô está em segurança e retornam ao Brasil na terça-feira (19). (Foto Divulgação CBDE)Delegação de judô está em segurança e retornam ao Brasil na terça-feira (19). (Foto Divulgação CBDE)

Em um dos momentos mais críticos da história política da Turquia, um grupo de Mato Grosso do Sul tenta ganhar medalhas por lá. Delegação composta por judocas, karatecas e ginastas, participa da etapa mundial dos jogos escolares, o Gymnasiade.

O campeonato é realizado na cidade de Trebzon, ao norte do País que na última sexta-feira (15), sofreu uma tentativa de golpe militar e deixou quase 300 mortos em menos de 24 horas.

De acordo com o chefe da delegação de judô do Mato Grosso do Sul, Marco Aguilera, que ainda está no país com os atletas, todos estão bem e em segurança. 

"No começo ficamos apreensivos, mas logo a coordenação geral da CDBE (Confederação Brasileira do Desporto Escolar) entrou em contato com a embaixada brasileira para verificar o risco que estávamos correndo. Houve toque de recolher e foram realizadas várias reuniões para ter certeza que estava tudo bem e o campeonato foi realizado normalmente. Estamos em uma vila olímpica e em segurança".

Aguilera explicou também que o local onde a delegação está fica a mil quilômetros de distância de Istambul, local que ocorreu a tentativa de golpe.

"Na terça-feira (19) já retornaremos para casa. As famílias foram informadas sobre a situação aqui no país através das redes sociais. Durante as transmissões ao vivo das disputas na página do Facebook da CDBE, também relatávamos o que estava acontecendo. Alguns atletas brasileiros de outras modalidades, passaram pelo aeroporto de Istambul e já retornaram para o Brasil em segurança".

Mundial - A etapa de 2016 do Gymnasiade, que começou no dia 11 e termina na segunda-feira (18), teve a participação de 230 brasileiros, sendo 20 integrantes, entre atletas e técnicos, de Mato Grosso do Sul.

Em média, 40 países participam da disputa que acontece de 4 em 4 anos. Neste domingo (17) foram realizadas as provas de Ginástica Artística, Judô e Atletismo.

Golpe - A tentativa de golpe na Turquia durou menos de 24, deixou pelo menos 300 mortos, segundo o governo local. Entre eles, 161 civis. Militares tomaram as ruas da Capital, Ancara, e de Istambul, e enfrentaram a população, que foi às ruas protestar durante a madrugada.

O Exército da Turquia tentou golpe em um país que já passou por três intervenções militares desde 1960. A capital, Ancara, tem uma população de aproximadamente cinco milhões de pessoas. Istambul é a maior cidade do país, com mais de 15 milhões de pessoas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions