A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

22/06/2014 14:55

Torneio reúne 250 atletas de jiu-jítsu do Estado todo em Campo Grande

Viviane OIiveira e Kleber Clajus
Torneio serve para os atletas somarem pontos no ranking individual. (Fotos: Cleber Gellio)Torneio serve para os atletas somarem pontos no ranking individual. (Fotos: Cleber Gellio)

A 1ª Copa MS de Jiu-Jítsu reuniu 250 atletas de várias categorias para competição, que começou ontem e terminou hoje, na quadra de esporte da Escola Estadual Joaquim Murtinho, em Campo Grande. Ontem competiu a categoria peso absoluto e hoje disputaram os atletas da modalidade juvenil, adulto e máster.

Nas categorias principais do evento ganharam Leonardo Godoi - na faixa azul, Matheus Godoi - na faixa roxa, Nathan Uehara - na faixa marron, Carlos Augusto Torales - na faixa preta.

De acordo com o presidente da Federação sul-mato-grossense de Jiu-jítsu, Gerson Santos, a competição serve como treino e preparação para os atletas que vão disputar outras competições da modalidade. “Esse é o primeiro evento depois de 6 anos que a federação esteve desativada”, diz.

Atualmente, são 1,2 mil praticantes de Jiu-Jítsu no Estado em 60 academias credenciadas. Com o crescimento da oferta da modalidade em academias, o presidente da federação ressalta que é preciso sempre confirmar se o profissional é credenciado para dar aulas e vinculado a federação.

Durante o evento foram homenageados dois atletas: Ariadne de Oliveira, 23 anos, que ganhou o mundial em Abu Dhabi, em abril deste ano e o professor de Educação Física Alan Regis. Ele foi vice-campeão brasileiro em junho deste ano.

O professor, que está no esporte há 16 anos, disse que a modalidade está bem disseminada, apesar de existir despesas entre R$ 50 e R$ 150 para a mensalidade, além do quimono, que custa em torno de R$ 300.

Gerson afirma que a Copa MS serve para o atleta ter os pontos no ranking individual e, assim, recorrer a benefícios como o Bolsa-Atleta, do Governo do Estado. O evento não soma pontos para o ranking nacional. 

Quanto a prática irregular do esporte, denúncias podem ser realizadas através do telefone 9112-5859.

Atletas no pódio de torneio de arte marcial disputado em Campo Grande.Atletas no pódio de torneio de arte marcial disputado em Campo Grande.


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions