ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 30º

Esportes

Zagueiro foi encaminhado para delegacia após confusão em Aquidauana

Após a partida, jogador prestou depoimento e foi liberado

Por Jhefferson Gamarra | 16/04/2021 17:51
Momento em que a Polícia Militar precisou intervir na partida (Foto: Reprodução)
Momento em que a Polícia Militar precisou intervir na partida (Foto: Reprodução)

O duelo entre Aquidauanense e Águia Negra disputado ontem (15), pelo campeonato sul-mato-grossense, foi parar na delegacia após briga generalizada envolvendo jogadores e as comissões técnicas de ambas equipes. Para dispersar a confusão, a Polícia Militar precisou realizar disparos com armas com munições de borracha.

De acordo com a súmula da partida assinada pelo árbitro Paulo Henrique Vollkopf, o zagueiro Virguiino da equipe do Águia Negra,  ofendeu o policiamento dentro de campo dizendo “vocês são despreparados, seus covardes, vagabundos”. Após toda a confusão o aleta foi encaminhado para a delegacia por desacatar a ordem dos militares.

“O jogador foi conduzido por desacato. Foi ouvido na delegacia e negou ter desacatado os policiais, assinou termo de compromisso de comparecimento ao fórum e foi liberado. Foi instaurado um termo circunstanciado de ocorrência que será remetido ao fórum após a oitiva de todos envolvidos e testemunhas”, informou o delegado Gabriel Salles, titular da 1ª DP de Aquidauana.

Ainda de acordo com o delegado Gabriel Salles, uma cópia da ocorrência registrada na Polícia Civil será encaminhada para a corregedoria da Polícia Militar para apuração da conduta dos policiais, se houve o uso de força desproporcional ou não.

“Uma cópia do procedimento daqui será encaminhado para o comando do batalhão de Aquidauana para ciência do ocorrido e eventual apuração de ação que entendam ser irregular. Como foi ação realizada em serviço por policial militar a apuração é será feira pela justiça militar estadual”, disse o Delegado.

A equipe do Águia Negra foi procurada pela reportagem, mas até a publicação da matéria não houve retorno.

Relembre o caso – Uma enorme discussão começou aos 21 minutos da segunda etapa após a expulsão do meia Daniel, do Águia Negra. O atleta foi retirado de campo, dando início a um bate-boca entre as comissões das equipes, necessitando da intervenção da Polícia Militar, que precisou usar munições de borracha para controlar os ânimos. A partida ficou paralisada por pouco mais de minutos, sendo retomada após a confusão cessar.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário