A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


02/02/2016 06:00

"Cheio de energia", Reinaldo define prioridades após férias

Waldemar Gonçalves

Agenda cheia – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) voltou de férias com gás total. E sem grandes formalidades. Sua agenda, pela manhã, sinalizava apenas um compromisso à tarde, já em Brasília (DF), onde se reuniria com outros governadores na residência oficial do colega do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB). Antes de viajar, no entanto, já na Governadoria havia se reunido com representantes da suinocultura e avicultura de Mato Grosso do Sul.

Com energia – Na manhã desta terça, como manda o protocolo, Reinaldo participa da reabertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa, além de ter reunião marcada com prefeitos. “Estou de volta ao comando do Governo do Estado cheio de energia e determinado em continuar trabalhando para melhorar a vida da nossa gente”, postou o governador em seu perfil no Facebook, ontem à tarde.

Desafios – Reduzir os impactos causados pelas chuvas nos municípios, superar a crise econômica e atender demandas em saúde, educação, segurança e desenvolvimento. Estas foram as prioridades listadas pelo governador na mensagem postada na rede social, as quais ele chamou de “desafios grandes pela frente”.

Conhecer – A vice-governadora, Rose Modesto (PSDB), por sua vez, também postou no Facebook comentando as duas semanas comandando o governo. “Nesses quinze dias pude ouvir muito, aprender muito e acima de tudo conhecer ainda mais o povo de Mato Grosso do Sul”, escreveu.

Essência – Rose citou seus principais compromissos, como visitas a áreas afetadas pelas chuvas em Aquidauana, Miranda e Dois Irmãos do Buriti, e a ida à Showtec, feira de tecnologia agrícola em Maracaju. “Ali conheci uma essência do sul-mato-grossense, acreditar na terra em que trabalha”.

Quase lá – Márcio Fernandes (de saída do PT do B) já está certo no PMDB, comenta o presidente da Assembleia e presidente regional do partido, Junior Mochi. Falta apenas o ato de filiação, que só ocorrerá depois que da sanção da janela partidária, que garante um período de 30 dias para o parlamentar sair da atual legenda sem perder o mandato.

Vagas – O concurso da Assembleia terá de 70 a 100 vagas, afirma Mochi. O número será fechado, provavelmente, em uma reunião nesta terça-feira, após a solenidade de abertura dos trabalhos legislativos de 2016. Depois disso, a casa de leis lançará a licitação que vai escolher a empresa responsável pela execução das fases do certame. A prova está prevista para abril.

Fichas petistas – A indicação de Zeca do PT em não disputar a Prefeitura de Campo Grande pode ter deixado o partido dividido. Mas, ao mesmo tempo, abriu possibilidades a outros nomes. Os deputados estaduais Pedro Kemp e Cabo Almi, o vereador Alex e o ex-deputado federal Antonio Carlos Biffi são as fichas petistas para o jogo eleitoral de logo mais.

Paz e amor – Diferente do ano que se passou, tudo indica que 2016, ano de eleições municipais, poderá ser de paz e amor entre os vereadores e o prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). Seu discurso na sessão inaugural de hoje na Câmara Municipal deve ser em tom conciliador, pedindo paz e tranquilidade aos parlamentares.

De olho na urna – Bernal, que tem trabalhado com pensamento na reeleição, está à procura de aliados para construir a tão desejada governabilidade e de sobra fomentar sua chapa majoritária e proporcional. Já os vereadores, também pensando na possibilidade de suas reeleições, não querem saber de briga com o chefe do Executivo. É esperar a primeira semana de trabalho na Câmara para saber se vai mesmo imperar a harmonia entre os poderes.

(com a redação)

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



Conhecer – A vice-governadora, Rose Modesto (PSDB), por sua vez, também postou no Facebook comentando as duas semanas comandando o governo. “Nesses quinze dias pude ouvir muito, aprender muito e acima de tudo conhecer ainda mais o povo de Mato Grosso do Sul”, escreveu.

Essência – Rose citou seus principais compromissos, como visitas a áreas afetadas pelas chuvas em Aquidauana, Miranda e Dois Irmãos do Buriti, e a ida à Showtec, feira de tecnologia agrícola em Maracaju. “Ali conheci uma essência do sul-mato-grossense, acreditar na terra em que trabalha”.

Resumindo: Não fez nada, nem poderia fazer, e mesmo que pudesse não tem competência para tal... afinal o governador não deu nenhum autonomia para a vice.
 
Araujo em 02/02/2016 11:47:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions