ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 29º

Jogo Aberto

"Meia" culpa

Por Jogo Aberto | 24/10/2012 06:00

Erro, mas nem tanto

“Sei dos meus eventuais equívocos que eu possa ter cometido, não os cometo muito. Apesar de deturparem muito”. A frase é do governador André Puccinelli, que falava com jornalistas sobre a eleição para prefeito de Campo Grande.

Difícil

Ainda sobre campanha, Puccinelli disse que a corrida de 2012 foi marcada pela dificuldade de arrecadar recursos. “Tanto é que não estamos fazendo carreata”.

Provocação

“Quem será que é o tostão e quem é o milionário? Não sei”, cutucou, fazendo referência à carreata do candidato Alcides Bernal (PP) no último final de semana. “Não tem gasolina, pode ir lá no comitê”.

Realidade

Puccinelli ainda defendeu a candidatura de Edson Giroto (PMDB). “Nós declaramos o real, não fazemos caixa 2. Não sei se os outros declaram”, disparou.

Reeleição

Para o governador, a dificuldade de líderes políticos elegerem seus candidatos é vista em todo País. “Isso daí são reflexos dos dias que o Brasil, o mundo vive”, justificou.

Em outras terras

No primeiro turno, o campo-grandense Fábio Marcondes foi o quarto vereador mais votado em São José do Rio Preto, cidade no interior de São Paulo. Agora, no segundo turno, mais um sul-mato-grossense está na disputa, no segundo turno.

Quem?

Ex-prefeito da cidade de Guarujá, litoral de SP, Farid Said Madi (PDT) nascido em Dourados, disputa o segundo turno com a atual prefeita Maria Antonieta Brito, do PMDB.

Assunto da vez

Como tem ocorrido nas últimas sessões da Assembleia Legislativa, o segundo turno em Campo Grande mobilizou os parlamentares ontem. O mesmo aconteceu na Câmara dos Vereadores de Campo Grande. Nos dois casos, o vídeo que surgiu na internet, com uma suposta negociata envolvendo dinheiro para a campanha de Alcides Bernal (PP), foi o principal assunto.

Não e não

No meio dos debates, o deputado estadual Pedro Kemp aproveitou para negar que já esteja acertado que, no caso da vitória de Bernal, será secretário de Educação em Campo Grande.

Explicação

Kemp justificou, na Tribuna da Assembleia, que gravou depoimento no programa eleitoral de Bernal por acreditar na candidatura dele e porque Educação é um assunto ao qual está ligado desde sempre.

Campanha laica?

O petista, conhecido por sua ligação com a Igreja Católica, também aproveitou o tempo no púlpito na Assembleia para criticar o uso da fé nos discursos eleitoreios. Para ele, Deus deve ficar fora desses embates.

 

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário