A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


29/01/2016 06:00

Ajuda do governo de MS a municípios inclui até óleo diesel

Waldemar Gonçalves

Mão na roda – Além do apoio financeiro, já efetivado, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) vai socorrer os municípios, afetados pelos temporais de janeiro, com óleo diesel para as máquinas que serão usadas na recuperação de estradas vicinais.

Bem na hora – O socorro vem em boa hora. Os municípios, com dificuldades financeiras até para pagar salários de servidores, não conseguem sequer colocar as máquinas para rodar. A ajuda, para o óleo diesel, será formalizada em encontro com os prefeitos na Assomasul.

Entupiu – As chuvas desta semana em Campo Grande afetaram a academia de ginástica do Batalhão de Choque da Polícia Militar. Segundo PMs, a água fez o telhado ceder, entupiu a calha e alagou o espaço. Ontem, o jeito foi fazer exercício tirando alguns dos aparelhos e limpando tudo.

Quebrou galhoEntrevista coletiva da governadora em exercício, Rose Modesto (PSDB), na manhã de ontem, foi interferida por uma queda. Uma enorme folha de coqueiro caiu no pátio da sede do programa Vale Universidade, na Rua 14 de Julho, próximo a Avenida Fernando Corrêa da Costa, Centro da Capital. O barulho foi alto, mas a folha não feriu ninguém. Só passou perto de um auxiliar técnico de uma das emissoras de televisão presentes na solenidade.

Particulares I – O Corpo de Bombeiros de Mato Grosso do Sul não vai, por orientação de sua assessoria jurídica, divulgar informações sobre hospitais particulares de Campo Grande referentes a plano contra incêndio e pânico. Na quarta-feira (27), a assessoria de imprensa divulgou que três unidades públicas – Santa Casa, HU e HR – funcionavam irregularmente.

Particulares II – A informação era de que todos os demais hospitais da Capital, incluindo os particulares, estavam em situação irregular. Porém, ontem (28), ao ser questionada sobre o levantamento das unidades particulares, a assessoria da corporação informou que não poderia mais repassar informações. Disse ainda que cada hospital deve comunicar aos pacientes e possui ou não o plano de combate a incêndio, que permite o funcionamento regular dos locais.

Empregão – O superintendente regional do Ministério do Trabalho e Emprego em Mato Grosso do Sul, Yves Drosghic, quer aproveitar o tempo de exposição que o cargo proporciona. Cada aparição em reportagem televisa vira “print”, devidamente espalhado via WhatsApp.

Lamento – O novo presidente da OAB-MS, Mansour Karmouche, lamentou que alguns projetos de sua gestão, anunciados na campanha, terão de aguardar o pagamento de algumas contas da administração anterior. Ele diz que pegou uma situação muito delicada financeiramente na Ordem. Terá de equilibrar o orçamento para desenvolver seu trabalho, como o programa “Presidente Presente”, que prevê a interiorização da OAB em Mato Grosso do Sul.

Caminho mais curto – Para o presidente da OAB, a ampliação do horário de atendimento aos advogados nos fóruns dependia exclusivamente de sair do gabinete da presidência e ir conversar com os desembargadores no Tribunal de Justiça, que fica a menos de dois quilômetros de distância. Mas os presidentes anteriores preferiram entrar com ação no Supremo em vez de dialogar. O processo se arrasta desde 2009 e, além da advocacia, para Karmouche, também perde a sociedade com essa situação.

Dinossauros – Os “Dinossauros”, grupo formado por políticos aposentados (pelas urnas), entre eles Braz Melo, Humberto Teixeira, José Elias Moreira, Bela Barros e Valdenir Machado, ainda não deram o ar da graça em 2016. No ano passado, fizeram várias reuniões na tentativa de organizar uma chapa para disputar as eleições municipais, mas foi só o ano eleitoral começar para sumirem. Alguns dizem que os “dinossauros” estão esperando o Carnaval para colocar o bloco na rua, mas a aposta para valer é que o grupo não conseguiu emplacar.

(com a redação)

Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...
Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions