A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


07/05/2016 07:00

Antes de julgamento, jovem curtiu balada e álcool

Waldemar Gonçalves

Na balada – Richard Gomide Lima, condenado ontem a 9 anos de prisão por matar um segurança no trânsito, em 2012, saiu livre do tribunal graças a um habeas corpus. Se a fragilidade da lei já pode incomodar, imagine saber que, uma semana antes, ele estava na balada tomando umas e outras com amigos, como denuncia foto postada em uma rede social no dia 30 de abril.

Que exemplo – Para piorar, tem gente ligada à família do jovem garantindo que, ao contrário do dito por ele no tribunal, sua vida noturna anda bem agitada. E mais: em uma espécie de prêmio, funcionários da empresa da família recentemente ganharam uma caixa de cerveja dos patrões. Para refrescar a memória: antes de matar um homem no trânsito, Richard participou de uma orgia em um motel, onde consumiu champanhe.

Nocauteou – Na visão do senador Waldemir Moka (PMDB-MS), o relator do processo de impeachment de Dilma no Senado, Antônio Anastasia (PSDB-MG), “nocauteou” o advogado geral da União, José Eduardo Cardoso, que fez a defesa da presidente. O relatório do tucano foi aprovado, ontem, com 15 votos favoráveis e cinco contra.

Sem chance – Segundo Moka, Anastasia “não demorou nem meia hora” para aniquilar o discurso de Cardozo. “Tanto assim que teve um senador que tentou acudir, jogar água, trazê-lo de volta, mas infelizmente não foi possível”, emendou o peemedebista, em intervenção durante reunião da comissão do impeachment, na sexta.

Relatório sólido – Ainda conforme Moka, a solidez no voto de Anastasia jogou por terra o discurso do PT, que temia a presença do PSDB no comando da comissão. O relatório, inclusive, foi elogiado por vários senadores durante a votação.

Não foi fácil – Já a senadora Simone TEbet (PMDB-MS), também integrante da comissão do impeachment, postou vídeo no Facebook minutos após a votação. Destacou a discussão, falando que “não foi tarefa fácil”, que “houve uma disputa democrática e análise criteriosa dos fatos”.

Feliciano – Em outro vídeo postado no Facebook, o deputado federal Elizeu Dionizio (PSDB-MS) aparece ao lado do colega Marco Feliciano (PSC-MS). Ambos convidam a comunidade evangélica de campo Grande a participar, no próximo 21 de maio, da Vigília da Comunhão. Um ato “interdenominacional”, segundo Feliciano, ou seja, pode contar com todas as igrejas. “Venha na expectativa do milagre”, finaliza o parlamentar paulista.

Cantora – A vice-governadora, Rose Modesto (PSDB), durante agenda no Hospital Regional, aproveitou para participar de uma comemoração com os servidores, onde inclusive cantou e até tocou violão. A música escolhida por ela foi "Tocando em Frente", de Almir Sater e Renato Teixeira. Os funcionários gostaram: disseram que a tucana cantou bem e estava afinada.

Cunha e Marun – Para o deputado estadual Pedro Kemp (PT), também comentou o afastamento de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) da Câmara dos Deputados, dizendo que existem provas dos crimes contra ele e até conta na Suíça. O petista emendou críticas ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS), por ser defensor de um “bandido, ladrão e mentiroso”. Disse que fica envergonhado pelas defesas feitas pelo parlamentar de Mato Grosso do Sul.

Marun e Cunha – Já o deputado estadual Eduardo Rocha defendeu o correligionário Marun, dizendo que ele não responde a processo na Justiça e não é porque defende Cunha que é um criminoso. Ainda lembrou que muitos deputados do PT também fazem a defesa de Lula e Dilma: “espero que o senhor tenha mais respeito com o Marun”, alfinetou o peemedebista.

(com a redação)

Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...
"Nem a pau", diz Correa sobre desistir de ação contra JBS
Negativo - “Nem a pau”. Essa foi a reação do presidente da CPI da JBS, Paulo Correa (PR), à cogitação de retirar a ação contra a empresa, para preser...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions