A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


29/01/2014 06:00

Após reverter expulsão, Chocolate pode voltar a ser aliado

Edivaldo Bitencourt

Vivo – Moradores de Corguinho reclamam dos problemas com a telefonia móvel toda vez que chove. Segundo um morador, a Vivo é a única operadora da região e sai do ar com qualquer chuva. Ontem, a chuva foi fraca, mas suficiente para deixar todo mundo desconectado do mundo.

Na Justiça – O vereador Waldecy Chocolate conseguiu reverter na Justiça a decisão de expulsá-lo do partido. Ele foi expulso por ter sido considerado infiel porque voltou a favor da abertura de investigação contra o prefeito Alcides Bernal (PP).

Paz – Apesar de ter sido perseguido pelo prefeito e até expulso do partido, Chocolate não guarda mágoas de Bernal. Ele admitiu aos amigos que a volta à base aliada só depende de uma boa conversa com o prefeito.

Na berlinda – O secretário municipal de Saúde, Ivandro Fonseca, continua na berlinda. Ele continua cotado para ser o próximo a deixar o cargo na administração de Alcides Bernal. O cargo é cobiçado pelo vereador Jamal Salem (PR), que de tão animado com a possibilidade, já fala abertamente que é aliado de Bernal.

Cotado – Por outro lado, o vereador Marcos Alex, líder do prefeito na Câmara, já admite que pode assumir a Secretaria Municipal de Governo. Ele é cotado para o lugar de Pedro Chaves, que pode sair após não concordar com o temperamento de Bernal.

Kits atrasados – Só foi vencer a licitação, para a empresa Brink Mobil Equipamentos Educacionais ampliar o prazo para entregar dos kits escolares. Antes, o prazo previsto era de 10 dias. Após o anúncio da vitória, o grupo paranaense anunciou que a entrega ocorrerá em 30 dias.

Marca – O prefeito Alcides Bernal vai entregar, pelo segundo ano consecutivo, com atraso os kits escolares. No ano passado, ele responsabilizou o antecessor pelo atraso. Agora, resta saber quem vai ser responsabilizado pelas trapalhadas do município.

Só após conversa – O vereador Otávio Trad (PTdoB) só quis divulgar o teor da ação popular contra o reajuste do IPTU após conversar com o juiz. A estratégia do parlamentar é obter uns pontos a favor com o magistrado e garantir a concessão de liminar.

Lojistas – Os lojistas do Shopping 26 de Agosto tiveram uma grande derrota na Justiça, ontem. Eles não conseguiram bloquear os R$ 10 milhões para garantir o pagamento da indenização pelo fracasso no investimento feito no empreendimento.

Nem igreja – O empresário Rubens Salim Saad tentou vender o Shopping 26 de Agosto para supermercado e até igrejas. No entanto, não encontrou nenhum pastor disposto a sacar R$ 50 milhões para transformar o centro comercial num grande templo religioso.

(colaboraram Lidiane Kober e Josemil Arruda)

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


O BERNAL NÃO SABE O QUE É HUMILDADE E RESPEITO COM AS PESSÔAS.NÃO CONSEGUE ADMINISTRAR NEM O PARTIDO,COMO PODE ADMINISTRAR UMA CIDADE COMO CAMPO GRANDE.É UM INCOMPETÊNTE TOTAL.SE JULGA O DONO DE TUDO POR ISTO ESTA TUDO DANDO ERRADO.
 
francisco de sa em 29/01/2014 13:18:15
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions