A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


21/06/2011 06:03

Tirando da reta

Jogo Aberto

O vereador Carlão (PSB), parlamentar mais fiel e engajado na defesa de Nelsinho Trad (PMDB), afirmou que o prefeito não pode ter secretários folgados, porque ele almeja ser candidato ao Governo do Estado e tem que chegar no final de 2012 com 76% de aprovação. Se continuar neste rítmo, poderá terminar o mandato com 5% comentou o socialista.

O vereador Mário Cesar (sem partido) jogou a toalha e agora aguarda a oficialização da decisão do direção nacional do partido, que indeferiu seu recurso contra a expulsão por infidelidade partidária. Ele disse que não foi o único com recurso indefirido. A nacional vetou todos "infiéis" sem perdão.

O vereador Athayde Nery, presidente regional do PPS, afirmou que se Nelsinho o obrigasse a retirar a pré-candidatura da prefeitura da Capital ele mandaria os secretários da Fundac e Funsat largarem os cargos.

O prefeito Nelsinho Trad diz que o que mais o deixou nervoso em relação ao episódio de puxão de orelha no secretariado é que a reunião de sexta, quando ele pediu as cartas de demissão de todo o primeiro escalão, foi "para lavar roupa suja" e mesmo assim o conteúdo vazou para a imprensa.

Nelsinho diz que o trabalho está tão "desleixado" que algumas situações já viraram motivo de chacota pela população. "Tem até gente indo testar aparelho de CD em algumas ruas, dizendo que se funcionar na via esburacada é porque o equipamento é bom", comentou

Preocupado com a repercussão das férias a partir de 1º de julho, o secretário de Saúde do Município, Leandro Mazina, já partiu para o ataque com as explicações e justificou dizendo que a imprensa pega no pé de quem tira férias. “Vou pegar só 10 dias e volto para trabalhar”.

Mato Grosso do Sul foi lanterninha em doações ilegais, segundo Ministério Público Federal. Procuradores regionais eleitorais em todo o país enviaram à Justiça cerca de dez mil representações contra doadores que ultrapassaram o limite máximo determinado pela legislação, tanto pessoas jurídicas, quanto físicas.

Enquanto em MS foram 94 ações apenas, o maior número de representações foi em São Paulo: 1.330. No Pará, a Justiça Eleitoral recebeu 931 representações e Goiás foi o terceiro estado com maior número de representações: 820.

As articulações para eleição de 2012 estão à flor da pele no Estado inteiro. Em Caarapó, dois secretários da prefeitura tiveram até de enviar nota a imprensa para negar que são candidatos e citaram ainda outros nomes para a corrida.

Roberto José Maitan, secretário municipal de Obras e Serviços, e Valter de Oliveira, secretário municipal de Administração e Finanças. “Apesar do orgulho que sentem” garantem que não querem saber da sucessão do prefeito Mateus Palma de Farias.

Vinda de Temer a MS atraiu poucos políticos
Recepção solitária – Programada em meio ao clima de tensão política sem fim em Brasília, a agenda do presidente Michel Temer em Mato Grosso do Sul no...
Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...



Não dá para entender o Atayde. Criticar com tanta veemencia logo o Pref. Nelsinho que sempre se colocou como um didicado e fiel amigo. Só posso entender que seja um jogo politico porque não acredito que ele esteja realmente convencido que poderá se eleger prefeito da nossa Capital..Não acredito siquer em sua candidatura.
 
Alicio Mendes em 28/06/2011 10:51:43
Conversa pra boi dormir essa de irreverssível a candidatura do vereador Atayde.
Dependendo da conversa ele tira duas letras o IR, e a coisa já fica diferente. É brincadeira!!!
 
Paulinho Barbosa em 21/06/2011 08:39:05
"algumas ruas"? Tá economizando pq, prefeito? Não escapa uma só rua que não esteja ou esburacada, ou com ondulações, ou com uma infinidade de remendos feitos de qualquer jeito...
 
Daniel Francelino em 21/06/2011 07:53:52
Não entendo esse Ataíde. Era contra o Andre, depois virou seu defensor. Era a favor doNelsinho, depois virou seu mais feroz crítico. Por isso, creio, perde eleições. Nao ganha nunca. É que o povo pensa assim: do mesmo jeito que ele fez com o Andre e o Nelsinho, ele pode fazer conosco. Na campanha, a favor; no mandato, contra. Não entendo esse político... não entendo.
 
Fahid Atlas Jerume em 21/06/2011 07:32:00
Olha se eu sou o sec. saude, não retornava não, a coisa (se for seria) na saude esta muito ruim mesmo. Sec de marco tire ferias. Prefeito manda logo o athayde fazer questionario junto com o agente desamado, ele ta contando em ser deputado estadual (suplente e claro) e vai continuar detonando a sua administração.
Ele sabe que desta vez o pps nao vai render nada em termos financeiros nas eleições.
 
jose gonçalves em 21/06/2011 07:15:47
O problema do Sr Athayde e que ele faz oposição ao prefeito la na camara, esse papo de entregar cargos (todos) e coisa velha, o eterno suplente esta contando em ser o proximo dep. estadual, uma vergonha o sistema politico brasileiro, pois politicos do calibre do sr athayde, que não tem o apoio popular, acaba indo por força de coligações.
Quero ver nosso prefeito mandar todo mundo do pps largar o osso....
Quanto ao Ver. Mario Cesar, de graças a deus vereador, o senhor (pelas informações) e funcionario de carreira da prefeitura (não necessita de boquinha), não recebe e nem se aposenta como politico, vai ficar melhor afastado dessa turma do pps.
 
paulo viegas em 21/06/2011 07:09:41
Pelo que entendi, o vereador disse que seus secretários na fundac e funsat, estão empregados por serem politicos e não por serem competentes!

Este sendo candidato poderá relatar seus feitos como lider do prefeito por 4 anos em prol dos campograndenses e servidores municipais!

Sei que seu maior empenho é aprovar a utilidade pública para Associação de Travestis de MS, com finalidade que está associação recebe recursos públicos. A sta casa padece por recursos!
 
Márcio Santos em 21/06/2011 06:26:55
Com certeza essa decisão do prefeito incomodou muita gente. O Nelsinho é um homem bom, gosta de ver trabalho e está inconformado com a veracidade das críticas, por isso ele quer por ordem na casa para que ninguém diga que a cidade foi deixada às moscas. O mais cômico dessa situação toda são as reações dos "cobrados", dizendo que os cargos estão à disposição. Faço é rir!
 
Marcelo Benevides em 21/06/2011 05:48:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions