A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


16/05/2014 06:00

Bernal e os aviões da FAB

Edivaldo Bitencourt

Fotos – Servidoras municipais aproveitaram a lavada da Prefeitura pelos aliados do prefeito Alcides Bernal (PP) para registrar o momento histórico. A diferença é que o registro era o selfies, para postar no Facebook.

RápidoAlcides Bernal não esperou nenhum segundo para reassumir o cargo de prefeito. Logo ao saber da liminar da Justiça, ele foi ao Fórum e pediu para o oficial de Justiça acompanhá-lo até o Paço Municipal e lhe “empossar no cargo”.

Limpa – Uma das primeiras medidas de Bernal no cargo será exonerar todos os comissionados nomeados por Gilmar Olarte. Ele estima que serão aproximadamente 1,4 mil pessoas demitidas de hoje até segunda-feira.

Parceiro – Bernal só não vai conseguir se livrar de Gilmar Olarte. Tudo porque ele volta a ser vice-prefeito e com direito a ter espaço na Prefeitura da Capital, incluindo-se o salário de vice-prefeito.

De acordo – A votação pela manutenção de vetos uniu base e oposição. A vereadora Grazielle Machado (PR) disse para Paulo Pedra (PDT) que esta é a primeira vez que ambos entram em acordo. Os dois andam se estranhando desde que a cassação de Bernal entrou na pauta do legislativo e Pedro conseguiu nomear um aliado no município.

Sim e não? – Confusa, a forma de votar virou piada da vereadora Luiza Ribeiro (PPS). “É fácil! Sim para não e não para sim. Entendeu?”, explicou a parlamentar aos colegas que caíram na risada.

Minuto caro – O duelo entre Chiquinho Telles (PSD) e Pedra, com tema eleitoral, rendeu críticas da petista Thaís Helena (PT). “É um minuto muito caro usar a tribuna para ficar discutindo eleição”, comentou a petista. Pedra e Telles quase entraram nas vias de fato.

No diálogo – Grazielle também disse que seu partido, o Partido da República, está no “período de diálogo” para definir com quem seguirá nas eleições deste ano. Inicialmente seria com o pré-candidato Delcídio do Amaral (PT), mas já houve abertura uma “embrionária” conversa com Reinaldo Azambuja (PSDB). Quanto a Nelsinho Trad (PMDB), a sigla ainda aguarda diálogo.

Coincidência - No dia da cassação de Alcides Bernal, um avião da Força Aérea Brasileira caiu, mas o piloto se salvou. Ontem, no dia do retorno do progressista, uma avião da FAB quase caiu e fez pouso de emergência, com interdição do aeroporto, após ser atingido por um pássaro.

Samu - Nas oito horas como prefeito, Bernal até mudou o coordenador do Samu (Serviço de Atedimento Móvel de Urgência). O médico Eduardo Cury foi "substituído" por Tonhão, o polêmico coordenador que estava a frente da pasta quando teve as duas mortes. 

(colaboraram Kleber Clajus, Zana Zaidan, Marcos Ermínio e Filipe Prado)

Após "perder" cargo, deputado muda o tom
Mudou – Antes cotado para assumir uma secretaria do governo do Estado, o deputado Coronel David (PSC) está agindo ultimamente como oposição ao Govern...
Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions