A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


27/06/2013 06:05

Bernal quer público

.

Escondidinho - Chega a ser ridículo o trabalhão de servidores comissionados para apagar os sinais da antiga administração pelas repartições públicas de Campo Grande.

Recorte - Na Secretaria de Educação, até gráficos sobre a evolução do setor na rede municipal têm a logomarca de Nelsinho Trad escondida por um pedaço de folha se sulfite.

Sozinho - Também na Semed, evento para homenagear agentes de combate a dengue começou com pouquíssimo quorum, para tristeza do prefeito.

Apareceu - Mas foi só Alcides Bernal reclamar para o secretário de Saúde que logo começou a pipocar gente no auditório, “empolgada” para participar da solenidade.

Sem carro - A Câmara Municipal de Sidrolândia encaminhou ofício aos gabinetes dos vereadores informando que vai encostar os três veículos que atendem aos parlamentares, durante recesso de meio de ano.

Cortes - Ao contrário de colegas que gastam verbas indenizatórias e abusam da estrutura até durante as férias, a Casa diz que vai impedir o uso dos carros para economizar gasolina durante o recesso.

Surpresa - O deputado Marquinhos Trad está faceiro hoje. Depois de 2 anos de espera, a Assembleia resolveu colocar em votação projeto dele parado desde 2011, que prevê o parcelamento do IPVA em até dez vezes.

Criatividade - O Ministério Público Estadual ficou tão feliz com a queda da PEC 37 que ousou no titulo de artigo da capa do site do MPE em Mato Grosso do Sul. “Brasil goleia e massacra PEC 37 pelo placar de 430 x 9!”.

Na mídia - O advogado campo-grandense, Ricardo Augusto Nascimento Pegolo dos Santos, ficou famoso na mídia nacional por um motivo meio torto. 

Desculpas - Ele defende o empresário responsável pelo atropelamento que causou a morte de um manifestante durante protesto em Ribeirão Preto. À imprensa, o advogado justificou que tinha gente até “fumando maconha e provocando confusão”, o que causou o acidente.

Reinaldo apoia crescimento dos evangélicos
Decisão divina - Palestrante principal do Fórum Evangélico realizado nesta segunda-feira em Campo Grande, a cantora e pastora Damares Alves disse que...
2018 será ano mais curto para o Legislativo
Três meses – Carnaval, Semana Santa, campanhas eleitorais, Copa... Tudo isso encurta 2018 para os trabalhos legislativos. A observação é de Fábio Tra...
Máfia do Cigarro passa quase livre nas estradas
Esquema antigo - A atuação da Máfia do Cigarro em Mato Grosso do Sul vem de décadas e, de tempos em tempos, surge uma nova denúncia envolvendo polici...
MS também tem "bunker" cheio de dinheiro
Versão tupiniquim - O “bunker”de Geddel Vieira, que escondeu R$ 51 milhões de propina, tem versão pantaneira. Paredes de apartamento de um político e...


Mas tem que se ver, também, que o que mais a adm. passada sabia fazer era propaganda!
Não podia "arrumar uma praça" e lá se ia dinheiro público para a construção do "bloco de cimento" onde se informava : "Obra n. 100000". Coisa de cidade pequena, e não de uma capital como a nossa!
 
MARCELLO MENDES em 27/06/2013 14:57:59
Servidores perdem tempo tapando o sol com peneira e secretaria de educação esbanja material pelo setor, autoridade recebe o que merece, reunião só vai através de empurrão, sem condições vão paralisar frota devido a dívida com fornecedor de combustível, parabéns merecido aos adversários de sala pelo feito, a população agradece, um pequeno resumo da questão da ideia dos fatos. Um abraço a todos.
 
Arnaldo Cezar Dutra em 27/06/2013 10:26:04
Por que mesmo os vereadores, deputados e senadores têm recesso no meio do ano?
Todos os servidores públicos têm direito a 30 dias de férias a cada ano trabalhado, mas os parlamentares criaram esses privilégios para eles.
O poder judiciário também tem essas regalias de recesso no meio do ano e férias prolongadas no final do ano? E o tribunal de contas?
Ainda temos muitos motivos para manifestações.
 
Joel Ferreira em 27/06/2013 10:11:15
O mais ridículo é alguém pensar que um prefeito vai assumir a prefeitura e vai manter a cara do anterior endeusado. Quem assumiu no lugar do Dr André mudou tudo, ou esqueceram? É assim com todos porque a Lei atual ainda permite, mais tudo isso acabará logo, o povo vai descobrir o que é bom para a população. Não ficará pedra sobre pedra.
 
luiz alves em 27/06/2013 07:24:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions