A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


27/06/2013 06:05

Bernal quer público

.

Escondidinho - Chega a ser ridículo o trabalhão de servidores comissionados para apagar os sinais da antiga administração pelas repartições públicas de Campo Grande.

Recorte - Na Secretaria de Educação, até gráficos sobre a evolução do setor na rede municipal têm a logomarca de Nelsinho Trad escondida por um pedaço de folha se sulfite.

Sozinho - Também na Semed, evento para homenagear agentes de combate a dengue começou com pouquíssimo quorum, para tristeza do prefeito.

Apareceu - Mas foi só Alcides Bernal reclamar para o secretário de Saúde que logo começou a pipocar gente no auditório, “empolgada” para participar da solenidade.

Sem carro - A Câmara Municipal de Sidrolândia encaminhou ofício aos gabinetes dos vereadores informando que vai encostar os três veículos que atendem aos parlamentares, durante recesso de meio de ano.

Cortes - Ao contrário de colegas que gastam verbas indenizatórias e abusam da estrutura até durante as férias, a Casa diz que vai impedir o uso dos carros para economizar gasolina durante o recesso.

Surpresa - O deputado Marquinhos Trad está faceiro hoje. Depois de 2 anos de espera, a Assembleia resolveu colocar em votação projeto dele parado desde 2011, que prevê o parcelamento do IPVA em até dez vezes.

Criatividade - O Ministério Público Estadual ficou tão feliz com a queda da PEC 37 que ousou no titulo de artigo da capa do site do MPE em Mato Grosso do Sul. “Brasil goleia e massacra PEC 37 pelo placar de 430 x 9!”.

Na mídia - O advogado campo-grandense, Ricardo Augusto Nascimento Pegolo dos Santos, ficou famoso na mídia nacional por um motivo meio torto. 

Desculpas - Ele defende o empresário responsável pelo atropelamento que causou a morte de um manifestante durante protesto em Ribeirão Preto. À imprensa, o advogado justificou que tinha gente até “fumando maconha e provocando confusão”, o que causou o acidente.

Adeus a "Playboy" tem foto de bebida na mesa de bar
Despedida – Tem gosto amargo e dolorido, principalmente para as pessoas próximas, a última foto postada nas redes sociais por Marcel Colombo, conheci...
Campanha, tiro na escola e oportunismo
“Guerra virtual” – Não podia ser diferente. O episódio lamentável em que uma criança de 9 anos entrou armada na sala de aula em Campo Grande e atirou...
Justiça agora pode até cobrar Delcídio
Ainda à espera - A Justiça Eleitoral rejeitou o registro de candidatura de Delcídio Amaral (PTC) ao Senado, depois da derrota nas uras. A juíza Eliza...
Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...


Mas tem que se ver, também, que o que mais a adm. passada sabia fazer era propaganda!
Não podia "arrumar uma praça" e lá se ia dinheiro público para a construção do "bloco de cimento" onde se informava : "Obra n. 100000". Coisa de cidade pequena, e não de uma capital como a nossa!
 
MARCELLO MENDES em 27/06/2013 14:57:59
Servidores perdem tempo tapando o sol com peneira e secretaria de educação esbanja material pelo setor, autoridade recebe o que merece, reunião só vai através de empurrão, sem condições vão paralisar frota devido a dívida com fornecedor de combustível, parabéns merecido aos adversários de sala pelo feito, a população agradece, um pequeno resumo da questão da ideia dos fatos. Um abraço a todos.
 
Arnaldo Cezar Dutra em 27/06/2013 10:26:04
Por que mesmo os vereadores, deputados e senadores têm recesso no meio do ano?
Todos os servidores públicos têm direito a 30 dias de férias a cada ano trabalhado, mas os parlamentares criaram esses privilégios para eles.
O poder judiciário também tem essas regalias de recesso no meio do ano e férias prolongadas no final do ano? E o tribunal de contas?
Ainda temos muitos motivos para manifestações.
 
Joel Ferreira em 27/06/2013 10:11:15
O mais ridículo é alguém pensar que um prefeito vai assumir a prefeitura e vai manter a cara do anterior endeusado. Quem assumiu no lugar do Dr André mudou tudo, ou esqueceram? É assim com todos porque a Lei atual ainda permite, mais tudo isso acabará logo, o povo vai descobrir o que é bom para a população. Não ficará pedra sobre pedra.
 
luiz alves em 27/06/2013 07:24:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions