A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


14/08/2014 06:00

Candidato a senador causa rebu em campanha adversária

Edivaldo Bitencourt

Rebu – Ao comentar a morte do presidenciável Eduardo Campos, o candidato a senador Antônio João Hugo Rodrigues (PSD) causou revolta no comitê do senador Delcídio do Amaral (PT). Ele disse que os petistas comemoraram a morte do ex-governador de Pernambuco.

Não é verdade – A equipe de Delcídio reagiu com indignação à postagem do empresário e dono do Correio do Estado. Um assessor até comentou que o clima no comitê era de tristeza pela morte do ex-governador, de quem o petista era amigo.

Bandeirada – O candidato do PMDB, Nelson Trad Filho, suspendeu a primeira grande atividade da campanha em decorrência da morte de Eduardo Campos. A bandeirada estava prevista para sábado no Centro da Capital.

Comoção – A morte de Campos causou comoção no meio político e suspendeu praticamente todas as campanhas eleitorais em Mato Grosso do Sul. De luto, candidatos vão recolher as armas, pelo menos, até domingo.

Boatos – O Facebook virou central de boataria e causou ainda mais transtorno à família do ex-governador Wilson Barbosa Martins. A rede social espalhou o boato de que ele tinha morrido no Proncor. De concreto, até o início da noite, era que o estado de saúde dele continuava grave.

No Guarujá – A pastora Janeta Morais, candidata a vice-governadora na chapa de Nelsinho, participaria do evento com Eduardo Campos no Guarujá na tarde de ontem. Ela ficou bastante abalada ao tomar conhecimento da tragédia em Santos.

Conectada – Os usuários da Unidade de Pronto Atendimento do Bairro Coronel Antonino continuam conectados à Internet Morena. No entanto, a Prefeitura reduziu o número de totens disponíveis à população no local, de três para um. E o único ainda estava desligado ontem à tarde.

Do contra – A vereadora Luiza Ribeiro (PPS) se mostrou contra a proposta de transformar a Guarda Municipal em secretaria. Lembrou da importância de reduzir os cargos comissionados e da necessidade de ampliação nas vagas nas creches e escolas.

Em resposta – O prefeito Gilmar Olarte ficou satisfeito com a audiência pública promovida na Câmara Municipal. Ele disse que ficou claro o apoio da sociedade à proposta, que vai criar uma secretaria para abrigar a Agetran e Guarda Municipal.

Mais segurança – Um dos benefícios da criação da nova secretaria está o monitoramento 24 horas das escolas públicas. Olarte garante que a causa é muito maior. Os guardas municipais também vão reforçar a fiscalização do trânsito com os agentes municipais da Agetran.

(colaboraram Kleber Clajus, Filipe Prado e Marta Ferreira)

DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...


Fico pensando como é que um elemento tão desprezível como esse tal Antônio João seja aceito pelo eleitor. Por isso que a classe política não melhora. Aceitar uma coisa dessa é porque essa classe é uma gangrena no corpo de nosso Estado. Nós, como País pagamos a conta, aliás, ao admitir uma coisa dessa como político, assumimos uma conta impagável.
 
Nehemias Augusto Nogueira dos Santos em 14/08/2014 11:56:57
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions