A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


14/12/2011 07:00

Cenários obscuros

Jogo Aberto

Sobre as farpas

O deputado Lauro David (PSB) analisa que a reação do prefeito Murilo Zauith diante da apetência voraz do PMDB em estabelecer desde já disputa para a corrida eleitoral de 2012 tem sentido. Segundo Lauro, o PMDB ameaçaria, na verdade, a vaga do PT, que espera repetir a dobradinha com o PSB.

Cortina de fumaça

Para o deputado Laerte Tetila (PT), o PMDB não deve manter as pré-candidaturas dos deputados Geraldo Resende e Marçal Filho e da vereadora Délia Razuk, optando em apoiar Murilo Zauith. Para o deputado, ninguém merece cinco prefeitos em três anos, ou seja, romper a sequência do prefeito no poder há menos de um ano colocaria Dourados em novo vácuo institucional em prejuízo ao interesse da coletividade.

Como a essência da política é a busca do poder, resta esperar. Alguém deve ir para o sacrifício, em nome da estabilidade administrativa ou da amarração política na cúpula.

Mais pesquisa

A safra de pesquisas eleitorais em Dourados segue abundante. Ontem circulou mais uma, com números que se aproximam das outras amostragens, mas que chegam precocemente e com o poder de desviar as atenções para um debate celibatário.

Visibilidade

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de MS (Famasul), Eduardo Riedel, tomou posse ontem no cargo de diretor vice-presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), mantendo uma tradição que remonta à própria história de Mato Grosso do Sul, quando Ney Magalhães colocou o Estado no centro do debate da agropecuária nacional.

No ar

O governador André Puccinelli tem feito uma viagem aérea por dia para dar conta da carregada agenda deste derradeiro mês de 2011. Ontem se dividiu entre Ladário e Campo Grande e hoje tem audiência com o presidente da Câmara, Marco Maia, depois de ser esperado em cerimônia de apresentação do e-TCE, a automação total dos processos na Côrte de Contas.

Novos princípios

O conselheiro Cícero de Souza, presidente do TCE, diz que a Côrte de Contas está se livrando do estigma de algoz, sendo conhecido hoje e compreendido como órgão de fiscalização voltado à ação educativa, ajudando a administração pública a cumprir bem suas tarefas.

Nati morta

Desde que foi instalada, com todo alarde esperado, a CPI das construtoras ainda não apresentou resultados concretos, podendo estar fadada a mero porta-voz de denúncias que já estão sendo investigadas.

A proposta da CPI, criada no dia 13 deste mês, era de apurar irregularidades das construtoras que atuam em Mato Grosso do Sul, o que é objeto de investigações, algumas já concluídas, do Ministério Público do Trabalho (MPT) e do Ministério Público Estadual (MPE).

Desânimo

O que esperar do resultado da comissão criada pelo deputado Maurício Picarelli podia ser imaginado pelo desânimo com que o deputado Onevan de Matos (PMDB) comentou o assunto ontem na Assembleia.

Relator da CPI, Onevan disse que espera apresentar o relatório ainda este ano, mas já antecipou que não há novidades. O deputado Cabo Almi (PT), que também tem seu parecer, espera conversar com o presidente da Comissão e o resultado deve cair naquilo que todos já sabiam - a construtora contrata subempreiteiras que não cumprem as obrigações sociais e trabalhistas, gerando com isso ações na Justiça.

Saudosas comissões

A Assembleia realizou duas investigações por meio de CPI e ambas tiveram o comando do ex-deputado Nelson Trad. As CPIs da Agrosul e do Previsul, esta última relatada pelo então deputado Murilo Zauith. Elas geraram relatórios contundentes, mas inócuos. A única CPI de fato com resultado objetivo é a que investigou a tarifa de energia, comandada pelos deputados Marquinhos Trad (PMDB) e Paulo Corrêa (PR).

Batismo

A pré-candidatura de Athayde Nery à sucessão do prefeito Nelsinho Trad (PMDB) foi homologada pelo 17º Congresso Nacional do Partido Popular Socialista (PPS), em São Paulo (SP). O vereador e pré-candidato a prefeito de Campo Grande compôs a mesa principal do Congresso junto com pré-candidatos de outras 19 capitais brasileiras.

Além do presidente nacional do PPS, Roberto Freire, sentaram na mesa o ex-governador de São Paulo (SP), José Serra (PSDB); o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB) e o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab (PSD).

No freezer

O governador André Puccinelli comentou que a crise internacional deve respingar no Brasil e Mato Grosso do Sul tem que se preparar diante dessa hipótese. Avisou que vai apertar os cintos e descartou pacotes de bondades políticas, como o aumento da emenda parlamentar dos atuais R$ 800 mil para R$ 1 milhão.

Quadrilha tentou se livrar de Chevette
Tentativa frustrada – Ladrões que usavam um Chevrolet Chevette para cometer furtos em série há três meses em Campo Grande tentaram devolver o carro a...
PF deve ter novo superintende no fim do mês
No aguardo – Mesmo com o nome do nome superintendente já definido, a chefia da PF (Polícia Federal) em Mato do Sul continua vaga. O comando está, int...
Vereador é "traído" por palavra
Ops - "Nós temos a obrigação de lesar a população...", quer dizer "zelar pela legalidade e regularidade". A troca na ordem das letras não poderia ter...
Guardas saem de Central após sexo na água
Providências - Rendeu abertura de investigação disciplinar e ainda uma punição imediata a omissão de guardas civis municipais em relação a um casal q...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions