A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


06/09/2011 06:00

Choque de opiniões

Jogo Aberto

Pressão

Prefeitos e vereadores que vão tentar a reeleição começam a buscar suporte para a disputa de 2012. E o primeiro endereço é a Assembleia Legislativa.

De qualquer modo, a pressão maior recai sobre a bancada federal, numericamente bem menor e com a responsabilidade de atender a todos os municípios. Daí a corrida aos Ministérios para garantir o pagamento de emendas parlamentares.

Campo minado

Como era previsto, o ex-governador Zeca do PT avisou que não cumpre a orientação aprovada pelo partido no domingo, de facilitar as alianças com o PMDB e partidos mais à direita, como o PSD e o DEM.

No caso em questão, da eleição em Campo Grande, Zeca diz preferir abandonar o barco a ter que se aliar ao PMDB do governador André Puccinelli que, por seu turno, diz conversar semanalmente com petistas na Capital.

Bola dividida

Ficou clara a divisão na classe dos taxistas depois dos episódios em que houve a necessidade de mobilização por mais segurança.

Um grupo considera exagerada a pressão sobre os órgãos de segurança pública, enquanto outro grupo quer manifestação mais dura de cobrança às autoridades.

Controvérsia

O economista Áureo Torres criticou a divulgação do levantamento da Fiems (Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul) sobre os postos de trabalho criados pelo setor industrial.

Segundo Torres, os números que mais se aproximam à realidade são os publicados no site da Prefeitura de Campo Grande. Para o economista, os dados divulgados pela entidade estariam “inflados” por uma questão de marketing do segmento.

Controvérsia 2

A Fiems divulgou que diante dos números do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), o setor industrial, composto pelas indústrias de transformação, de extrativismo mineral, de construção civil e de serviços de utilidade pública, já gerou 11.454 novos postos de trabalho nos primeiros sete meses deste ano.

O economista diz que pela metodologia oficial, extrativismo mineral (setor forte em Corumbá), construção civil e serviços de utilidade pública, não são componentes da atividade industrial, podendo se afirmar que o setor teria contribuído com 5.872 e não 11.454 empregos.

Preparativos

O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral) começou a reformular o site, que será padronizado com o portal do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Por outro lado, no dia 19 o TSE faz audiência pública sobre a instrução que disporá sobre a arrecadação, inclusive por meio de cartão de crédito, e os gastos de recursos por partidos políticos, candidatos e comitês financeiros e, ainda, sobre a prestação de contas nas eleições de 2012.

Lógica obviana

Depois da frustração pela tendência do Congresso de rejeitar a PEC 300, que alinha os salários de policiais e bombeiros, a organização da mobilização pró-aprovação terá injeção de ânimo com a vinda a Mato Grosso do Sul do deputado federal e líder do DEM na Câmara, Antônio Carlos Magalhães Neto.

ACM Neto viria a convite de sindicalistas para repetir que o DEM continuará obstruindo as votações na Câmara enquanto a PEC 300 não for à votação.

Protesto

O deputado federal Giroto (PR-MS) utilizou a tribuna ontem para criticar a exclusão da ciclista sul-mato-grossense Luciene Ferreira da Silva da convocação para os Jogos Pan-Americanos, em Guadalajara, no México, entre 13 e 30 de outubro.

Luciene é a primeira colocada no ranking nacional da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) e foi preterida por critério não esclarecido pela CBC. Além de fazer a denúncia em plenário, Giroto encaminhou ofício ao ministro do Esporte, Orlando Silva.

Expectativa

Organizadores ainda tentavam ontem a última cartada para trazer ao Congresso Nacional de Economia em Bonito o ministro da Fazenda Guido Mantega.

O consolo é a confirmação da presença do ministro da Ciência e Tecnologia, Aluizio Marcadante. O Congresso será aberto amanhã e vai até o dia 9.

Cidadãos eméritos

A Assembleia Legislativa faz sessão solene no dia 15, às 19h, para entrega de títulos de Cidadão e da Comenda do Mérito Legislativo a personalidades reconhecidas por relevantes serviços prestados ao Estado, proposta pelos deputados Junior Mochi e Eduardo Rocha.

Receberão o título de Cidadão o desembargador Hidelbrando Coelho Neto, e os empresários Gustavo Trindade Correa, Roberto Luiz Leme Klabin, Mário Celso Lopes e Plínio Dias Bicalho. Com a Comenda do Mérito Legislativo, serão homenageados Teresa Cristina Ralston Bracher e André Esteves.

Gaeco tem suspeita de vazamento
Desconfiança – O Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado), responsável pela investigação que aponta envolvimento de policiais militare...
DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions