ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, QUARTA  20    CAMPO GRANDE 25º

Jogo Aberto

Cidade de MS terá novo prefeito por um mês

Por Anahi Zurutuza, Ângela Kempfer e Leonardo Rocha | 02/12/2020 06:00
Na ponta da mesa, Edivaldo Bezerra (MDB) durante assinatura do termo de posse (Foto: Eduardo Bampi/DiárioX)
Na ponta da mesa, Edivaldo Bezerra (MDB) durante assinatura do termo de posse (Foto: Eduardo Bampi/DiárioX)

Novo prefeito - Edivaldo Bezerra (MDB) assumiu o cargo de prefeito em Coxim, nesta terça-feira (1º). Ele vai ficar na função durante o afastamento de Aluízio São José (PSB), que se recupera de cirurgia de retirada do tumor no cérebro.

Chave de ouro - O evento de posse contou com o primeiro escalão em peso e a presença de vereadores, inclusive, os eleitos. Caberá a ele encerrar o mandato e garante que fará isso com “chave de ouro”.

Cirurgia – Aos 39 anos, Aluízio São José passou por cirurgia de 10 horas de cirurgia no Hospital El Kadri, em Campo Grande, no dia 17 de novembro. O tumor na cabeça era benigno.

Eleições – Aluízio foi prefeito por dois mandatos. Quem assume o comando da cidade em 2021 é Edilson Magro (DEM), eleito com 53,15 % dos votos válidos no dia 15 de novembro, após batalha eleitoral travada por representantes do PV, PSD, Solidariedade, DEM, Republicanos, PDT e PT.

Anulação – O Movimento Advogados do Brasil entrou com uma ação popular contra o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) com pedido liminar de anulação das eleições municipais deste ano e a designação de uma nova data. Segundo o grupo, o objetivo é “defender a moralidade pública, o respeito às leis e evitar prejuízo ao erário público”.

Questionamentos - A peça jurídica, assinada por sete coordenadores nacionais do movimento e subscrita por 501 advogados filiados, questiona a contratação sem licitação de empresa fornecedora do “supercomputador” que falhou no 1º turno e atrasou a divulgação do resultado. Também coloca em xeque a decisão do TSE de centralizar, pela primeira vez, a apuração dos votos. Segundo o grupo, a medida violou o artigo 158 do Código Eleitoral, que determina que a apuração de prefeitos e vereadores seja feita pelas juntas eleitorais de cada estado.

Sinal - O deputado Carlos Alberto David (sem partido) solicitou providências do Procon em relação ao sinal de celular da operadora Vivo na cidade de Bela Vista. "Os moradores relatam que lá para realizar uma ligação completa é um verdadeiro milagre", afirmou o parlamentar.

Agilidade - Já Lidio Lopes (Patri) pediu agilidade da Semagro para liberação de área, onde será implantada uma fecularia na cidade de Eldorado. "Vai gerar empregos importantes para cidade e região do Conesul".

Crescimento - O vereador André Salineiro (Avante) citou que seu partido foi um dos que mais cresceram nas eleições municipais, subindo de 12 para 82 prefeitos no Brasil. "Aqui não conseguimos eleger vereadores, mas ficamos em segundo lugar na disputa majoritária", citou ele, sobre sua chapa com Sérgio Harfouche. Acontece que os votos do procurador continuam inválidos.

Apoio - Salineiro afirmou que gostaria de ver o colega Carlos Borges (PSB) como próximo presidente da Câmara. "Alguém que tenho muito respeito e que sempre procurou contornar os problemas da Casa".

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário