A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


26/09/2017 06:00

Clientes estão livres de greve dos bancos este ano

Marta Ferreira

Folga da greve - Os clientes de bancos em Mato Grosso do Sul já se habituaram: setembro e outubro é tempo de greve. Este ano, porém, tudo indica que o consumidor não pagará pelo desacordo entre patrões e empregados. Isso porque o acordo coletivo fechado ano passado entre a categoria e os banqueiros vale até ano que vem, prevendo reajustes automáticos acrescidos de 1% de ganho real no biênio.

Preocupação - O Sindicato dos Bancários no Estado informa, porém, que representantes da categoria a nível nacional estão discutindo com a federação dos bancos medidas para evitar que a categoria seja afetada pelas mudanças na reforma trabalhista, que passa a valer em novembro. O medo é que os trabalhadores sejam afetados por mudanças em jornadas e o risco de demissão em massa.

Sem bike – O acidente que o vereador Eduardo Romero sofreu na quinta-feira passada, indo para a Câmara de Vereadores de bicicleta, vai render dois meses de braço engessado. Ele teve duas fraturas, no punho e cotovelos do braço esquerdo.

Vou voltar – Romero não vai deixar a magrela de lado. Diz que assim que se recuperar, voltará a usar o veículo como transporte. Apesar da fratura no braço, afirma que estará nas sessões normalmente, a partir de hoje.

Espero que ... – O procurador-chefe do MPMS, Paulo César Passos, participou ontem, em Brasília, da posse do CNMP (Conselho Nacional do Ministério Púnlico), presidido pela recém-empossada procuradora-geral do MPF, Raquel Dodge. Passos revelou expectativa positiva com a atuação da substituta de Rodrigo Janot.

MP mais plural – O chefe do Ministério Público Estadual avalia que Dodge vai possibilitar um melhor entendimento entre os poderes e instituições, “sem prejudicar, no entanto, as investigações da Lava Jato”. Na visão do procurador de MS, há várias outras áreas que merecem atenção.

Minorias – Passos vê como exemplo as demandas referentes às minorias , citando especificamente LGBT, índios e deficientes. Também cita as questões de interesses coletivos, como infância e juventude, meio ambiente e consumidor.

Importância – Para ele, o combate à corrupção é importante, mas outros assuntos não podem ficar de lado. Embora Passos não o diga abertamente, a leitura de muitos no Ministério Público é que o foco do MPF, com Rodrigo Janot, estava exageradamente centrado na vitrine que é a Lava Jato.

Serviços em alta – Com todos os holofotes voltados à agropecuária, os outros setores ficam ofuscados. Mas, mesmo na penumbra, o segmento de serviços contabiliza números expressivos em meio à crise econômica. Estudo recente do banco Santander, com projeções do PIB, mostra que a riqueza produzida pelo setor de serviços em Mato Grosso do Sul pode crescer 1,5% neste ano.

Bem no ranking – O resultado esperado para MS não é bom apenas considerando a realidade regional. O crescimento para o setor de serviços projetado é o maior entre todos os estados brasileiros, de acordo com o estudo apresentado pelo banco.

(Com Osvaldo Junior e Ricardo Campos Jr.)

Campanha tucana atrai 75% dos prefeitos
Apoio – Enquanto o MDB, antigo aliado histórico do PSDB, patinou para fechar sua candidatura do governo do Estado, os tucanos contabilizam adesões. N...
Dois anos após "febre", Uber perde motoristas
Debandada – Quase dois anos depois de chegar a Campo Grande, e depois de muita polêmica, a plataforma de transporte por aplicativo mais conhecida, a ...
Cristhiano Luna é o nosso Lula
Livre - Um dos crimes de maior repercussão em Campo Grande teve novo capítulo na semana passada. O STF concedeu liminar e soltou Cristhiano Luna, ass...
Marquinhos sugere paciência com rotatória
Comparações – O prefeito Marquinhos Trad (PSD) comparou o período de adaptação de motoristas aos semáforos na rotatória da Gury Marques com Interlago...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions