A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2019


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


07/03/2017 06:00

Confusão geográfica leva time a viagem extra de ônibus

Waldemar Gonçalves

GO ou DF? – A Associação Atlética Luziânia, que domingo empatou em 1 a 1 com o Operário pela rodada de abertura da Copa Verde 2017, no Estádio Morenão, em Campo Grande, tem sede na cidade goiana de Luziânia, mas representa o Distrito Federal.

Que viagem – Ocorre que a confusão do time em relação a localização geográfica não acaba por aí. O presidente do clube, Daniel Vasconcelos, comentou que esta não foi a primeira vez da Luziânia em Mato Grosso do Sul. Em 2016 o time viajou ao Estado para jogar contra o Sete de Setembro, em Dourados, pelo Campeonato Brasileiro da Série D.

MS ou MT? – Até aí nada demais. Não fosse o fato de a delegação ter ido parar em Cuiabá e completado a viagem de ônibus até Dourados.

Falha geográfica – É que o responsável pela logística do clube tinha a informação de que a delegação deveria pegar um voo desde Brasília até a capital de Mato Grosso e completar a viagem de ônibus até Dourados. Deu no que deu.

Kms de desvantagens – Em uma conta rápida, somando ida e volta de Cuiabá a Dourados, foram pelo menos 1,4 mil quilômetros a mais do que os 440 se a viagem fosse a partir de Campo Grande. Isto sem contar na diferença no tempo de deslocamento, muito maior de ônibus do que de avião.

Reforma aprovada – O secretário Governo, Eduardo Riedel, ressaltou ontem a expectativa de que a reforma administrativa do Executivo Estadual deixe nesta semana a Assembleia Legislativa rumo à Governadoria, devidamente aprovada, é claro. Atendendo, assim pedido para que o processo tivesse celeridade.

De férias – Mesmo afastado do cargo pela Justiça, o procurador da Câmara Municial André Luiz Scaff está oficialmente de férias. Alvo da Operação Midas, segundo o Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) de ontem (6) o período do benefício do servidor é de 20 de fevereiro a 21 de março.

Advogada – Depois de não ser reeleita e ficar poucos dias em um cargo no Ministério da Cultura, a ex-vereadora Luiza Ribeiro (PPS) voltou a advogar. Está, inclusive, atrás de novos casos. Até postou no Facebook fotos de seu cartão, com telefone e endereço do escritório. “Estamos à disposição”, escreveu.

Reforma tributária – A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) diz entender que, caso as reformas da previdência e trabalhista tenham uma discussão mais longa, o governo pode deixar a tributária para o ano que vem. Seria a forma de ter mais tempo de articulação. A previsão inicial é tocar o assunto no segundo semestre.

Fórum sobre ética – O TCE (Tribunal de Contas do Estado) fará nos dias 4 e 5 de maio a segunda edição do Fórum de Direito, Ética e Combate à Corrupção. Entre os palestrantes estão previstos ministro do TCU (Tribunal de Contas da União) e delegado da Polícia Federal. Quem trabalha nos preparativos do evento é a conselheira Marisa Serrano, diretora da Escola Superior de Controle Externo da corte fiscal.

(com Leonardo Rocha, Paulo Nonato de Souza e Yarima Mecchi)

Presa em operação adora posar com vereadora
No hospital - O empresário e ex-candidato a deputado estadual pelo PTC, Antônio João Hugo Rodrigues, deu um susto na família na noite de segunda-feir...
Picarelli queria TV, mas deve levar assessoria
Outra rota – Radialista e apresentador de TV, Maurício Picarelli (PSDB) teve o nome lembrado para a Fertel, fundação que comanda a TV Educativa e a r...
Cultura tem “concorrência” entre ex-secretário e suplente
A fila anda – Athayde Nery (PPS) havia descartado assumir a Fundação de Cultura do Estado, depois que a Secretaria de Cultura e Cidadania foi extinta...
Bloqueio de celular pirata não emplaca no presídio
Piratas 100% - Aqui em Mato Grosso do Sul, 1,9 mil celulares piratas já foram bloqueados este ano pela Anatel, mas nada dá jeito nos aparelhos que co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions