A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 24 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


28/07/2016 06:00

Confusão na prefeitura deixa político há um ano sem salário

Waldemar Gonçalves

PMDB vai com Rose – A aliança não será formalizada na majoritária, mas está selado o apoio do PMDB à candidatura da vice-governadora, Rose Modesto (PSDB), à Prefeitura de Campo Grande. Mesmo caminho deve tomar o PTB.

Sem salário – O imbróglio político-jurídico recente envolvendo a Prefeitura de Campo Grande deixou Gilmar Olarte (Pros) no prejuízo. Segundo Jail Azambuja, seu advogado, ele está desde agosto do ano passado sem salário, seja pelo cargo de prefeito (R$ 20,4 mil), que assumiu por alguns meses, ou o de vice-prefeito (R$ 15,3 mil).

Que viagem – O advogado de Olarte também comentou, ontem, que seu cliente está viajando, daí a dificuldade da Justiça em notificá-lo sobre a denúncia da Operação Coffee Break. Quando retornar, o vice-prefeito – ou seria prefeito afastado? – irá pessoalmente ao Tribunal de Justiça assinar a notificação, prometeu seu defensor.

Obra fundamental – "Uma obra fundamental para a universidade, que estava prevista antes até de começar as aulas nesta unidade", comemorou ontem o reitor da Uems (Universidade Estadual de MS), Fabio Edir dos Santos, na solenidade que deu o ‘start’ nas obras de duplicação da Avenida Euler de Azevedo, que passa na frente do campus de Campo Grande.

Mais segurança – Segundo o reitor da Uems, a duplicação dará mais segurança aos trabalhadores e estudantes, depois de inúmeros acidentes que ocorreu no local. Recentemente, houve uma série de protestos por parte dos alunos na região. Eles, é claro, também festejaram a novidade.

Sem crise – Ao lançar a obra da Euler, o governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), voltou a citar a crise econômica atual e destacou que, mesmo diante de cenário negativo em âmbito nacional, Mato Grosso do Sul conseguiu ser o terceiro do País em geração de empregos, assim como manter o PIB. "Isto se deve ao nosso setor empresarial e produtivo e aos trabalhadores que fazem a economia movimentar".

Para todo mundo – O governador reafirmou que lançará um pacote de obras em agosto, contemplando os 79 municípios do Estado. "Não partidarizamos as ações do governo, atuamos com os atuais prefeitos e vamos conversar com os que forem eleitos, até porque as obras ficarão para o fim de 2016 e também 2017". O pacote deve ultrapassar os R$ 2 bilhões.

Recorrendo – Deve ser levado ao TRF-3 (Tribunal Regional Federal – 3ª Região) recurso do ex-governador André Puccinelli (PMDB) contra decisão, da primeira instância da Justiça Federal, de bloquear seus bens. A ordem foi para bloquear R$ 43 milhões, mas sua defesa diz que ainda não saber qual o valor será incluído no recurso de desbloqueio.

Quem paga? – Na porta da sala onde advogados de denunciados da Coffee Break deram entrevista, ontem, havia a identificação: “evento Edil Albuquerque”. O vereador do PTB de fato foi até o Hotel Bahamas antes da coletiva. Disse, no entanto, que apenas reservou o espaço, mas quem pagaria pelo uso seriam os juristas. Meio período custa R$ 545, incluindo internet e serviço de som.

Defesa sem antipatia – Advogado e ex-deputado federal, Fábio Trad também estava na coletiva anti-Coffee Break. Disse que a convocação da imprensa foi feita porque “a balança estava pendendo para a acusação” e, em geral, as pessoas têm certa antipatia pela defesa.

(com Leonardo Rocha e Aline dos Santos)

Gaeco tem suspeita de vazamento
Desconfiança – O Gaeco (Grupo de Atuação de Combate ao Crime Organizado), responsável pela investigação que aponta envolvimento de policiais militare...
DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions