ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  03    CAMPO GRANDE 28º

Jogo Aberto

Ecad cobra até por música tocada em quartos de hotel

Por Ângela Kempfer, Leonardo Rocha e Anahi Zurutuza | 10/07/2020 06:00
Bois da raça Nelore serão leiloados (Foto: SAD/Divulgação)
Bois da raça Nelore serão leiloados (Foto: SAD/Divulgação)

Nada pode - O Ecad entra na Justiça até para cobrar direitos autorais de hotel de Campo Grande, por músicas executadas na TV a cabo dos quartos de hóspedes. O juiz Paulo Afonso de Oliveira julgou improcedente o pedido e negou o repasse de R$ 50 mil cobrados do estabelecimento desde abril de 2016

Duplicidade - “Com efeito, a disponibilização de sinal de TV a cabo em quartos de hotel não enseja o pagamento de direitos autorais pelo estabelecimento hoteleiro, já que se pressupõe o recolhimento desses direitos pela operadora da TV por assinatura”, entendeu o juiz.

Leiloeira - A SAD (Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização) também faz leilão de boi. Vai vender 38 bovinos da raça Nelore, que eram de curso de Zootecnia da Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), em Aquidauana.

Grana entrando - As 18 fêmeas são avaliadas em R$ 32.400 e os 20 machos custam R$ 38.000. Com esses valores iniciais de cada lote, a previsão de arrecadação é de R$ 64.400 no dia 24 de julho. A justificativa é que o pasto estava ficando muito cheio.

Teste - Ao saber que o presidente da Assembleia, o deputado Paulo Corrêa (PSDB), está com covid-19, o seu colega de Parlamento, o deputado Felipe Orro (PSDB) afirmou que vai até a Casa de Leis fazer o exame. "Vou então até o prédio para fazer também", disse o tucano.

Kits - O deputado Pedro Kemp (PT) votou contra o requerimento feito pelo colega Antônio Vaz (Republicanos), que pediu ao governo para adotar o protocolo dos medicamentos que “previnem” o novo coronavírus. "Os especialistas na área dizem que não há comprovação que estes medicamentos fazem efeito contra a covid, além de poder trazer efeitos colaterais", justificou o petista.

Mais um - O município de Coxim também enviou para Assembleia o pedido de estado de calamidade pública. Na cidade já são 42 casos registrados de coronavírus. Se tiver este aval, o prefeito pode fazer compras e contratações emergenciais, sem precisar de licitação.

Cutucada – O agora ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM) não economiza mais nas cutucadas no ex-chefe, Jair Bolsonaro (sem partido). No Twitter, ele fez comentário irônico sobre a descoberta de 73 contas no Facebook fake ligadas ao presidente. “Que feio! Então eram vocês... Quem poderia imaginar?”.

Solidariedade – Mandetta também se solidarizou com a vítimas dos ataques virtuais feito pelo exército de “robôs” supostamente sob o comandado do clã Bolsonaro. “O Facebook tirou do ar. Descobriu hoje? Demorou hein! Solidariedade a todas as vítimas das quadrilhas cibernéticas”.

70 milhões – A Prefeitura de Campo Grande remanejou cerca de R$ 70 milhões de algumas secretarias para outras, conforme publicação no Diogrande. Segundo o secretário de Finanças, Pedro Pedrossian Neto, parte dos recursos são do auxílio emergencial pago pelo governo federal aos municípios e o remanejamento foi para cobrir custos da folha de pagamento dos servidores.