A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


05/09/2012 06:00

Emoção na Assembleia

Jogo Aberto

Que situação

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Jerson Domingos, ficou emocionado durante a sessão de ontem, diante de Rubens Silvestrini e Paulo Fernandes, pais dos universitários assassinados na última quinta-feira. Ele conhece Rubens desde criança.

Responsabilidade

Jerson contou que carregou Rubens no colo e agora fica triste ao ver o professor universitário como um pai nesta situação. O presidente lembrou que Segurança Pública não é uma responsabilidade direta do Legislativo, mas garantiu que os deputados irão analisar formas de auxiliar no apontamento de soluções.

Irritação

O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad, mostrou irritação com as críticas que a saúde pública tem recebido durante a campanha eleitoral. Sobre ter devolvido R$ 38 milhões referentes ao setor, retrucou: “Pior se tivessem dito que a gente surrupiou. Mas não devolvi nada, não sou louco”.

Irritação 2

Ainda sobre saúde, falou sobre os cerca de R$ 2 milhões, que tem sido repetidos por mais de um candidato como valor a que a cidade tem de orçamento todo dia. “E gastamos mesmo, às vezes até mais de R$ 2 milhões. Campo Grande é uma metrópole e estamos beirando 1 milhão de habitantes”, jutificou Nelsinho.

Debate

Trad ainda disse lamentar que os debates não tenham aprofundamento em pleno período de campanha. Argumentou, também, que a rede pública de Campo Grande sofre com a carga de pacientes vindos de cidades do interior e até de países da fronteira.

Chateado

O candidato do PP à Prefeitura de Campo Grande, Alcides Bernal, estava bravo ontem (4), nos corredores da Assembleia Legislativa. Segundo ele, sofreu, só nesta semana, sete recursos na Justiça Eleitoral. “Todos são do PMDB e a maioria é improcedente”, garantiu.

Longo adeus

O funeral de Sun Myung Moon, o Reverendo Moon, vai durar mais que a cerimônia do astro Michael Jackson. O criador da Igreja da Unificação morreu no domingo, mas só será sepultado no dia 15 de setembro.

Mega preparação

Um grupo de 10 seguidores do reverendo em Mato Grosso do Sul embarcou para Corea do Sul para a cerimônia que será realizada em uma pequena cidade, onde fica o quartel-general da Igreja. Para o grande momento, até as ruas que levam ao complexo estão sendo pavimentadas.

Efeito

Pesquisa divulgada pelo IBGE ontem mostra que o setor mais estável de Mato Grosso do Sul é o comércio de reparação de veículos, as oficinas.

Causa

O motivo é óbvio, a epidemia de acidentes de trânsico que ocorrem pelas ruas, principalmente em Campo Grande.

DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...


Seria de bom tom, todos os candidatos a prefeito mostrarem metas de trabalho condizentes com a realidade. Li ontem matéria do jornalista JR Guzzo que ajudaria e muito nos debates. Ficar criticando o que fez ou deixou de fazer o atual prefeito não vai resolver. A população quer coisas concretas e não mirabolantes e imaginárias, não quer coisas que vão simplesmente ficar no papel.
 
Rosermary Pereira em 05/09/2012 09:29:39
É isso aí, prefeito!
 
Fabio Pellegrini em 05/09/2012 08:27:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions