A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


25/07/2015 07:00

Empresário distribuiu dinheiro em campanha

Edivaldo Bitencourt

Empreiteiro eleitoral. Empresário, que ficou rico prestando serviços para a Prefeitura de Campo Grande, atuou também como operador financeiro do PMDB na campanha de 2014. Gravado pela PF, ele confessa que entregou dinheiro para pelo menos dois candidatos a vereador.

Desvio eleitoral. “Bom samaritano”, ele tentou convencer um dos candidatos a usar o dinheiro (ele fala em 40 mil reais) para comprar um terreno. A proposta não foi aceita. O candidato ficou na suplência e recentemente assumiu vaga na Câmara de Vereadores. O outro candidato, que não se elegeu, teria comprado o lote.

Ainda – O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) mantém até hoje, um ano e quatro meses após a cassação, o nome de Alcides Peralta Bernal (PP) como prefeito de Campo Grande.

Caixeta – Os integrantes da suposta organização criminosa, criada para fraudar licitações e desviar recursos públicos, gostavam de jogar caixeta na casa do empresário João Alberto Krampe Amorim. Em várias gravações feitas pela Polícia Federal, eles aparecem combinado o jogo na residência do dono da Proteco Construções.

Trajeto – A Operação Lama Asfáltica, da Polícia Federal, também constatou a ação dos acusados em definir o trajeto das obras de pavimentação. Em uma das ligações, Beto Mariano tenta fazer com que o traçado passe na porteira da sua fazenda.

Medida – Os policiais militares e bombeiros estão atentos para o risco de perder a gratificação de 10% para exercer algumas funções, como motorista. A Procuradoria Geral do Estado recomendou o corte do benefício dos praças.

Esperança - No entanto, a decisão ainda depende do governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que precisa formalizar o corte do benefício dos militares por meio de projeto de lei ou ação na Justiça. A Associação dos Cabos e Soldados da PM divulgou nota para contestar o parecer porque não tira o mesmo benefício dos oficiais.

Na estrada – O ex-governador André Puccinelli (PMDB) continua com o pé na estrada. Nesta sexta-feira, ele foi visitar Nova Alvorada do Sul, a 100 quilômetros de Campo Grande. Além de citar as obras e investimentos feitos no município, lembrou que foi autor do projeto de emancipação da cidade.

Coringa – O secretário municipal de Administração, Wilson do Prado, vai acumular, por uma semana, o cargo de presidente do Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande. A titular, Liliam Macksoud, sairá de férias.

Diários – A Prefeitura Municipal de Campo Grande vem transformando em tradição a edição de mais de um Diário Oficial por dia. Só ontem, foram três edições. Em uma, só trazia mudanças de cargos. Uma das alterações foi a saída de José Roberto Nunes Gondim e a entrada de Gisele Monteiro de Oliveira Zin na Coordenadoria de Modernização e Inovação.

(colaborou Aline dos Santos)

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions