A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Outubro de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


07/01/2012 08:00

Enfim, sós

Jogo Aberto

Mão na roda

O ministro de Agricultura e Pecuária, Mendes Ribeiro, e o governador André Puccinelli (PMDB), almoçaram em restaurante a menos de cinco metros da Redação do Campo Grande News, para a alegria da equipe de reportagem encarregada de cobrir a visita ministerial.

Notado

O prefeito afastado de Alcinópolis, Manoel Nunes da Silva (PR), foi visto ontem no restaurante onde o governador André Puccinelli e o ministro Mendes Ribeiro almoçavam. Ele estava acompanhado pelo deputado Junior Mochi (PMDB).

Ausentes

O governador André Puccinelli lembrou da ausência de parlamentares da bancada federal durante a visita do ministro Mendes Ribeiro. Apenas o deputado federal Fábio Trad (PMDB) compareceu à reunião na Governadoria. “Ele é o único que não tirou férias”, observou André ao ministro, apontando para o deputado.

Entre os senadores, foi notada a presença do senador Antonio Russo (PR-MS).

Animado

E por falar em férias, o governador estava alegre ontem à véspera de sair para merecido descanso no litoral potiguar. Após entrevista coletiva ontem, ao lado do ministro Mendes Ribeiro, André disse: “Tchau gurizada”, acrescentando que curtirá Natal, a capital do Rio Grande do Norte, 22 dias.

Seleção

O ministro de Agricultura e Pecuária inaugurou em Campo Grande um sistema diferente de entrevista. Coletou primeiramente todas as perguntas e depois escolheu as que responderia.

A surpresa maior ficou para o conteúdo das respostas – genéricas e evasivas, sem nenhum anúncio diferente daquilo que vem sendo divulgado sobre o novo foco de febre aftosa no Paraguai. Ministro parecia mais um ‘advogado’ do governo paraguaio.

Estado de graça

Mendes Ribeiro se assustou, mas depois acabou comemorando de braços abertos. Enquanto discutia ações de combate à febre aftosa na Governadoria, começou a chover, provocando barulho forte no telhado. “O que é isso?”, perguntou. “É chuva”, respondeu alguém. “Que maravilha!”, exclamou o ministro.

Pelas tabelas

Os prefeitos estão preocupados com o impacto dos encargos sociais decorrentes do aumento do salário mínimo de R$ 545 para R$ 622. Muitas prefeituras ainda estão enroladas com parcelamentos de INSS e FGTS. A parte das prefeituras no INSS corresponde a 11% do valor da folha salarial.

Férias aquisitivas

O prefeito Mateus Palma, de Caarapó, esclareceu por meio de sua assessoria de imprensa que o fechamento das portas da prefeitura não decorre de recesso. São férias aquisitivas dos servidores. A diferença, segundo a Prefeitura, é que elas são concedidas duas vezes ao ano, de forma coletiva e não individual. São 15 dias em janeiro e 15 dias em julho.

“As férias são planejadas, com ampla divulgação, de modo que o contribuinte possa antecipar ou postergar eventuais pagamentos”, informou a assessoria do prefeito Mateus Palma.

Útil ao agradável

Em Caarapó, segundo Palma, as férias coletivas dos servidores não afetam serviços de natureza essencial e coincidem com o período que não tem aulas. “Assim, as famílias podem planejar viagens com antecedência”.

Palestras

O Sebrae retoma na próxima segunda-feira em Campo Grande o ciclo de cursos e palestras. De segunda até quinta, a partir do dia 26, serão promovidas 36 palestras gratuitas. Interessados poderão assisti-las à tarde e à noite.

Clima de campanha não poupa nem festões
Todo lugar - O clima de campanha, neste segundo turno polarizado, não deixa escapar nem os casamentos. Durante festa no sábado no bufê Murano, na Ave...
#FicaTemer: governo vai deixar saudades, avalia Marun
#FicaTemer – A hastag bombou nas redes sociais impulsionada por eleitores que fazem oposição ao candidato à Presidência Jair Bolsonaro, e o ministro ...
O ato falho de Odilon ao anunciar apoio
Tropeço – No ato em que recebeu apoio do MDB na disputa pelo governo estadual, Odilon de Oliveira (PDT) também aproveitou para declarar seu apoio a J...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions