ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, TERÇA  20    CAMPO GRANDE 27º

Jogo Aberto

Ex-governador e sobrinho racham partido

Por Edivaldo Bitencourt | 10/08/2013 07:00

Racha em família – O ex-governador e vereador Zeca Do PT pode sair candidato a deputado federal nas eleições de 2014. A decisão, ainda não é oficial, mas já tá repercutindo no PT. O sobrinho e deputado federal Vander Loubet (PT) tem resistido a ideia, já que sempre contou com o apoio do tio. E comenta-se no PT que o racha da vez é entre Zeca e Vander.

De racha em racha – O PT sul-mato-grossense e nacional vive de crise em crise, de racha em racha. No Estado, em outras épocas, a disputa acirrada era entre esquerda e direita dentro do partido. Depois, Zeca e Delcídio. Agora, parece que está se abrindo nova frente de racha, mas muito mais familiar.

Sorte – O prefeito da Capital, Alcides Bernal (PP), tem repetido que “tem tido sorte demais”. Em postagem no Facebook, ele disse que quanto mais trabalha duro, mais sorte tem obtido no município. A postagem ocorreu no dia seguinte a CPI do Calote ter ficado sem reação ao "bolo" dado pelos donos da Salute e Megaserv.

Mudar de nome – O deputado federal Antonio Carlos Biffi (PT) vai ter mudar de nome quando a produção de peixe decolar no Estado. A sugestão foi do ministro da Pesca, Marcelo Crivella, que até sugeriu um novo apelido para Bifi: “filé de peixe”.

Assessoria tímida – Os assessores da Prefeitura da Capital adotaram “estratégia nova” para divulgar os feitos da atual administração. O pacote de obras só está sendo divulgado no Facebook dos assessores do prefeito. Por enquanto, no site oficial só os shows que serão realizados nos parques.

Proibidos – A Fundac (Fundação Municipal de Cultura) vem ignorando determinação do Tribunal de Justiça, que manda cumprir a Lei do Silêncio e acabou com as exceções. Antes da lei ser derrubada, os show de aniversário e durante a Expogrande poderiam ser realizados e não precisavam estar de acordo com as leis municipal e nacional do meio ambiente.

Show – A apresentação da banda RPM, na abertura do Festival do Sobá, serviu de um momento de descontração para o líder do prefeito, Marcos Alex. O petista curtiu o show e aproveitou um dos poucos momentos em que o grupo de oposição na Câmara Municipal lhe deu um refresco. Dançou do início ao fim do show na Feira Central na noite de quinta-feira.

Pacote – O prefeito Alcides Bernal não anunciou o pacote de inauguração da Capital porque ainda está fechando as datas das inaugurações. O mais provável é que a revitalização da Avenida Júlio de Castilho, que sofreu atraso, deverá ocorrer no dia 27 de agosto deste ano.

Paradas – Bernal deverá deixar algumas obras paradas na Capital. O Centro de Belas Artes e a Orla Morena 2 devem ser os marcos da demora em se concluir uma obra. O primeiro carrega uma espécie de maldição, já que desde 1994, quando Pedro Pedrossian iniciou a construção da novo Terminal Rodoviário, que acabou não sendo concluído.

Duas novas CPIs – A Câmara Municipal pegou gosto por CPI. Agora, qualquer problema na cidade, os vereadores já decidem propor uma comissão para investigar o problema. Estão na fila a CPI da Homex, da Salute e dos Contratos Emergenciais.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário