A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


18/11/2015 06:00

Filha de ex-deputado é dona de fazenda com Giroto

Edivaldo Bitencourt

Em família – O ex-deputado Wilson Roberto Mariano de Oliveira, acusado de participar de esquema de desvio de recursos na Secretaria de Obras, tem como advogado o irmão, Hilário Carlos de Oliveira. Beto Mariano, como é mais conhecido, também é investigado na Operação Lama Asfáltica, da Polícia Federal.

Cargo público – Filha de Beto Mariano, a médica Mariane Oliveira é funcionária do TCE (Tribunal de Contas do Estado). O pai já foi prefeito de Paranaíba e deputado estadual. Atualmente, ele é funcionário de carreira da Agesul e chegou a ser afastado do cargo pela Justiça.

Sócia – Mariane seria uma das sócias do ex-deputado federal e ex-secretário estadual de Obras, Edson Giroto. Eles possuem, em sociedade com o engenheiro João Afife Jorge, uma fazenda em Rio Negro. A propriedade, citada em relatório da Polícia Federal, foi contemplada com a pavimentação de rodovia pela Proteco entre Rio Negro e São Gabriel do Oeste.

Drama – A história da filha de Beto Mariano chegou a ser citada pelo advogado de defesa, Hilário Oliveira. Ele contou que a sobrinha perdeu o bebê em decorrência de gravidez de risco em julho, quando o pai foi citado pela primeira vez no escândalo. Agora, grávida novamente, ela é uma das principais preocupações do pai.

Calçada da fama – O depoimento de 10 envolvidos na denúncia de desvio de R$ 2,6 milhões transformou-se em verdadeira “calçada” da fama. Todos os citados na investigação enfrentaram o corredor polonês da imprensa ao prestar depoimento no MPE (Ministério Público Estadual).

Duas palavras – Acusado de chefiar o esquema, o ex-secretário estadual de Obras, Edson Giroto, limitou-se a duas palavras: cunho político. Ele voltou a insinuar que é alvo de perseguição política.

Dupla – O empresário João Amorim chegou acompanhado pela sócia na Proteco, Elza Cristina Araújo dos Santos. A dupla é investigada pela Polícia Federal, pelo Gaeco e pela Força Tarefa do MPE.

Apagou – O vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), chegou todo empolgado para depor no Gaeco. Com a artilharia afinada, não poupou ninguém. Ao deixar o grupo, após três horas, ele estava visivelmente abatido e foi mais conciso nas declarações.

Tiroteio – O vereador Marcos Alex (PT) mudou radicalmente de lado na Câmara Municipal. Após ser líder de Alcides Bernal (PP), fez discurso enfurecido contra o prefeito na manhã de ontem. Ele disse que o chefe do Executivo e assessores procuram humilhar o PT, que votou contra a sua cassação.

Mea culpa – Alex admitiu que foi contra Bernal, antes da cassação, quando ele atacava o legislativo municipal. Além dele, outros dois petistas, Ayrton Araújo e Thais Helena também passaram a ser mas críticos em relação ao progressista.

Reajuste – Bernal continua segurando o reajuste na tarifa de ônibus. Após elevar o valor do IPTU em 9,57%, o prefeito estuda qual o melhor índice no reajuste na tarifa de ônibus do transporte coletivo. O valor pode ir de R$ 3 para R$ 3,20, R$ 3,30 ou até R$ 3,50.

(colaborou Antonio Marques)

PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...
O entrave no cadastro de pedófilos
Entrave burocrático – Autor do projeto de lei que criou o cadastro de pedófilos em Mato Grosso do Sul, o ex-deputado estadual Carlos Alberto David, d...
Assembleia agora tem 8 "independentes"
Mais uma – Depois de votar com o governo por três anos e meio, a deputada estadual Grazielle Machado(PSD) anunciou que agora será “independente”, ass...
Quórum é motivo de "gracinha" na Assembleia
Presentes! Depois de três episódios neste ano de falta de quórum para votar projetos, o tema virou até motivo de puxada de orelha em tom de brincadei...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions