A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 23 de Maio de 2018


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


24/09/2011 06:00

Garras partidárias

Jogo Aberto
Garras partidárias

Homenagem

O secretário de Habitação e das Cidades, Carlos Marun, manifestou seu apoio à luta pelo reconhecimento do estado palestino usando um “hata” (espécie de manta que é símbolo da causa dos palestinos). Ele ostentou a indumentária durante todo o dia que despachou com assessores e em audiências com prefeitos e secretários municipais.

Em 2009 Marun foi recebido pelo presidente palestino em audiência, quando foi presenteado com a manta. "Hoje (ontem) Mahmoud Abbas pediu à ONU o reconhecimento internacional à existência da sua pátria e eu estou usando o presente como símbolo do meu apoio a esta luta”, justificou Marun em seu site. Na foto, Marun recebe o vereador Flávio Moraes, de Pedro Gomes.

Mérito

Para uma empresa que já esteve endividada em governos passados e sequer aparecia em ranking de performance de gestão e eficiência, a concessão de conceito “A” pela Caixa Econômica Federal coloca a Sanesul como um dos órgãos melhor administrados no âmbito do Governo do Estado.

O nível “A” é o segundo melhor no ranking da Caixa, que vai de “H” (menor capacidade) até “AA” (maior capacidade). A boa fase já foi apontada anteriormente pela revista Exame na edição Maiores e Melhores de 2011, que mostrou a Sanesul como a 74ª maior na região Centro-Oeste e a 3ª maior em Mato Grosso do Sul. Desde 2007, na gestão do atual presidente, José Carlos Barbosa, a Sanesul deixou de operar no vermelho, passando ser superavitária e aumentando a capacidade de investimentos.

Alianças sintomáticas

A ideia de alianças PSD-PT em algumas cidades por onde a nova legenda social-democrata vai se organizando pode alimentar uma cisão maior que a fenda já existente por conta dos embates internos entre partidários do ex-governador Zeca do PT e do senador Delcídio do Amaral. As alianças foram apregoadas em Bonito e em Três Lagoas.

Rodo

A propósito, atribui-se a aliados do senador Delcídio do Amaral (PT-MS) o expurgo de secretários municipais do diretório municipal de Maracaju ‘por indisciplina partidária‘.

Os secretários de Desenvolvimento, Iraci Padilha, e de Obras, Ernesto Lazaretti, além do diretor de Recursos Humanos da Prefeitura, Paulo Kuramoto, ligados ao ex-governador Zeca do PT e ao deputado federal Vander Loubet (PT-MS), estariam sendo pressionados a deixar os cargos na administração do prefeito Celso Vargas, que passa a enfrentar também a oposição do vice, Alberto Cruz Kuening.

Rodo 2

Em Miranda, a ex-prefeita Beth Almeida está deixando o PT para integrar os quadros do PR. Especula-se que a saída é motivada por divergências internas sobre o encaminhamento do processo de escolha do candidato a prefeito em 2012.

Reivindicação

O deputado estadual Zé Teixeira (DEM) pediu da tribuna da Assembleia pressa na elaboração do Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS) dos fiscais estaduais agropecuários da Iagro. “A nossa economia é baseada no agronegócio e os veterinários são responsáveis pelas ações de vigilância, fiscalização e inspeção de toda a cadeia produtiva do Estado. Devemos valorizar esses profissionais e garantir um salário base mais digno“, discursou Teixeira.

Avanço

Lideranças estaduais e municipais estarão neste sábado em Aquidauana em ato de filiações ao PMDB, na Câmara Municipal. O senador Waldemir Moka (PMDB-MS), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Jerson Domingos, e o presidente do Diretório Regional, Esacheu Nascimento, serão recepcionados pelo presidente do partido na cidade, Paulo Sérgio Goulart, e dezenas de correligionários.

Pré-candidato

No ato de filiações ao PPS em Campo Grande, na quinta-feira, o professor Giovani Bronzoni foi anunciado como pré-candidato a vereador. “A principal ideia é fazer, é pensar, é propor uma política pública eficiente pra Campo Grande“, pregou no primeiro discurso como futuro candidato.

Fórum

No dia 29, a Câmara Municipal de Campo Grande sediará abertura do IV Fórum de Educação Escolar Indígena de Mato Grosso do Sul. Nos dias 30 e 1º de outubro o evento continua no Complexo Esportivo Parque Jaques da Luz, no Conjunto Habitacional Moreninha III.

Ajuste

O senador Antonio Russo (PR-MS) apresentou esta semana dois projetos de lei em defesa da sanidade animal e vegetal. Um deles proíbe o contingenciamento de recursos destinados ao setor. Ou seja, se a proposta for aprovada, o Executivo ficará obrigado a investir o total de recursos previstos no orçamento geral da União para a sanidade animal e vegetal, sem poder utilizá-lo para fazer superávit fiscal. O segundo projeto propõe a consolidação das leis sobre defesa agropecuária.

DEM e a disputa entre André e Reinaldo
Já escolhi - Sobre a declaração de Puccinelli que estaria "namorando" o DEM, o deputado Zé Teixeira fez brincadeira para dizer de qual lado da disput...
Maioria prefere Lava Jato à Copa do Mundo
Copa? – Pesquisa do Instituto Paraná mostra que, a menos de um mês do Mundial da Rússia, o brasileiro não está muito motivado com o assunto. A consul...
Ex-ministro não errou o “do Sul”, mas...
Gafe - O ex-ministro Henrique Meireles (MDB) em um dos diversos discursos no evento em Campo Grande neste sábado (19) confundiu Mato Grosso do Sul co...
PMs presos têm “festival de ações”
Conhecidos da justiça - Entre as duas dezenas de policiais militares de Mato Grosso do Sul presos esta semana por suspeita de facilitar a vida dos co...


Andando lá pelas bandas do Vilas Boas atrás de um terreno´para comprar,deparei-me com algo meio fora de lógica:há uma praça do tamanho de ¨grão de feijão¨ no final da rua ...acho que São REmo que vão revitalizar e que puseram uma placa da prefeitura maior que a dita cuja,não entendi o que farão para arrumar a praça se a placa toma todo o espaço...vai entender.
 
José antonio Ferreira em 24/09/2011 10:14:35
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions