A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017


  • Jogo Aberto
  • Jogo Aberto

    jogoaberto@campograndenews.com.br


19/05/2011 06:00

Repórter por 1 dia

Jogo Aberto

Os índios terena que fecharam ontem a BR-163, em protesto pela demarcação de terras em Sidrolândia, quase comprometeram o show de Luan Santana em Dourados. O ônibus com a equipe do sertanejo foi barrado, ficou preso na barreira e só foi liberado, junto com os demais veículos, depois de negociação com a PRF.

O diretório municipal do PSDB em Campo Grande abre com churrasco os encontros para mobilizar filiados rumo a disputa pela prefeitura em 2012. No domingo, o lançamento da campanha pró-prefeitura, será na igreja, na Sagrado Coração de Jesus, na Avenida Mato Grosso.

Todos os dias há dezenas de acidentes no trânsito da Capital. Para o prefeito Nelsinho Trad o problema é a nova geração, que não tem respeito no trânsito e pela vida. Ele defende ações cada vez mais repressivas contra a imprudência, com lombadas físicas e mais eletrônicas.

O prefeito afirmou que os acidentes são causados por motoristas bêbados, dirigindo de forma irregular, com manobras arriscadas em alta velocidade e depois ainda fazem protestos, "xingando o prefeito e a mãe dele. O buraco é mais embaixo", finalizou Nelsinho.

Ao ser questionado sobre o que levaria dos seus 25 anos de magistratura em Mato Grosso do Sul para o novo cargo como desembargador, Ruy Celso mostrou o estilo paz a amor. “Mais amor para a magistratura”, comentou após a solenidade de posse.

Até a morte do terrorista Osama Bin Laden marcou o discurso do novo desembargador. Ao falar que busca leveza para julgar, Ruy Celso citou o exemplo do EUA que, mesmo anunciando a morte do inimigo nº 1, seguiu o ritual oriental e despejou o corpo do terrorista no mar para tornar mais leve o ato.

Os discursos para receber Ruy Celso foram marcados pela extensão e pelos inúmeros adjetivos. Referências religiosas também estiveram presentes nas falas. E até seu apreço pelos animais.

Ruy Celso afirmou que não vai substituir Rêmulo Leteriello, que deixou o cargo após aposentadoria, assim como, segundo ele, não houve substitutos na história para Tom Jobim, Albert Einstein, Beatles e “não haverá para Chico Buarque”.

Nem só de alegria vive a expansão industrial da Fíbria em Três Lagoas. São esperados 7 mil trabalhadores para obra de ampliação. Agora a prefeitura terá de rever a infraestrutura que a cidade oferece, mas a maior preocupação é que se crie uma monocultura do eucalipto.

O município exige que a Fibria apresente programas de incentivo a outras culturas, como forma de combater problema que há muito persegue locais de grande desenvolvimento urbano, sem a contrapartida no campo: o êxodo rural.

O deputado Paulo Duarte (PT) não resistiu e pegou op microfone da TV Pantanal - ex-TVE, para, pessoalmente, entrevistar o colega Antônio Carlos Arroyo (PR) sobre a disputa por vaga ao TCE. Meio sem graça, Arroyo disse que espera sorte para chegar lá. Veja o vídeo:

Crise da JBS rouba atenção de Temer
Foco na JBS - No Governo do Estado, a vinda do presidente Temer a Mato Grosso não teve a mobilização típica de visitas anteriores de presidentes. Na ...
Temer oscilou sobre decisão de vir para agenda em MS
Às pressas – A vinda do presidente Michel Temer para Mato Grosso do Sul neste sábado foi confirmada em cima da hora. A coluna apurou que tudo indicav...
Detran de MS avalia adesão a parcelar multa no cartão
Ainda não sabemos – O Detran de Mato Grosso do Sul avalia se vai fazer convênios que permitam parcelamento de multas no cartão de crédito. A autoriza...
Delcídio foi "fantasma" em sessão que manteve Aécio
Lembrado – O ex-senador e ex-petista Delcídio do Amaral está longe do Senado desde maio de 2016, quando foi cassado, mas nesta terça-feira foi bastan...



Aprovo a ideia da adm de Tres lagoas,me referindo quanto ao combate do exodo rural e claro estirpando a monocultura e aderindo a policultura,regioes monocultoras não se desenvolve,ao contrario se estabeliza!
 
Reinaldo Costa em 20/05/2011 01:02:17
Peço desculpas ao nobre magistrado mas até eu que não sou pareo para a cultura dele tenho informações de autoridades islamicas dizendo que no ritual deles não existe esta estória de jogar corpo no mar.Sem querer entra no mérito politico dos EUA quanto ao episódio, mas um juiz estar tão mal informado é de lascar.
 
José Fábio de Castro Santos em 19/05/2011 10:51:39
OS CONSELHEIROS SÃO NOMEADO PELO O GOVERNADOR, QUEM IRÁ FISCALIZAR E APROVAR AS CONTAS DO GOVERNO?
DEUS?
ISSO TEM QUE MUDAR
 
João Simões em 19/05/2011 10:17:24
Infelizmente o transito em campo grande esta uma carnificina; e temos que concordar com o prefeito nelsinho trad, todas as esferas administrativas podem investir milhoes de reais em infraestrutura; criando rotatorias, ciclovias, vias de mobilidades expressa ou ate mesmo obras de drenagem, contenção de enchentes, saneamento basico, todas as melhorias possiveis e imposiveis. enquanto o povo nao se conscientizar e parar de se materem nao vai mudar nada,!!!!!!!!!! É filhinho de papai que pega suas camionetas potentes e acham que pode fazer o que querem pela força da maquina.... e depois? depois recorrem aos bons advogados dos pais e fica por isso mesmo, outro fator; é motoqueiro qurendo disputar o mesmo espaço fisico com veiculos e pedestres... A verdade é uma só: a grande maioria irresponsavel transformaram nossas vias de mobilidade em verdadeiras pistas de corrida rumo ao assassinato ou a propria morte... e alguns ainda embriagados!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Gilson Almeida em 19/05/2011 07:53:31
A solução para o trânsito é simples: RESPEITO e PRUDÊNCIA. É tão difícil?
 
CHRISTOPHER PINHO FERRO SCAPINELLI em 19/05/2011 02:47:14
Pelo menos os índios atuaram de forma imparcial... alguns, só porque aparecem nos jornais, se acham acima do direito dos outros...
 
CHRISTOPHER PINHO FERRO SCAPINELLI em 19/05/2011 02:46:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions