ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 26º

Jogo Aberto

Inferno astral: PT perde o principal nome para a prefeitura

Por Edivaldo Bitencourt | 18/08/2015 06:00

Mau exemplo – O secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Valdir Gomes, deu mau exemplo ontem de manhã. Durante a inauguração do Horto Florestal, ele foi flagrado fumando dentro do local. Lei federal proíbe o fumo dentro de parques e praças.

Ataque – Em meio a crise política, que levou a instalação da Comissão Processante contra o prefeito Gilmar Olarte (PP), o seu assessor informal, Eliezer David, mantém a artilharia pesada contra tudo e todos. Ele não poupou nem mesmo os vereadores que votaram a favor do prefeito na Câmara Municipal.

Artilharia pesada – Eliezer até acusou dois integrantes da base aliada de serem alvo da investigação do Gaeco no caso da exploração sexual de adolescentes. Ele citou os nomes e ainda proferiu um monte de desaforo contra os vereadores aliados.

Turma do barulho – O protesto dos professores, na manhã de ontem no Horto Florestal, irritou os secretários municipais. Eles foram ao local para vaiar e protestar contra o prefeito Gilmar Olarte (PP). O chefe do Executivo não se intimidou e atacou os grevistas. Ele acusou o movimento de manter a greve por questão política.

Apelo – O presidente da Câmara Municipal, Mario Cesar Oliveira (PMDB), deverá desistir da ideia de renunciar ao cargo para não assumir a prefeitura da Capital. Em eventual afastamento de Olarte, ele deve atender os apelos feitos por aliados e assumir o comando do município para evitar mais desgaste.

Debandada – Presidente da Cassems e médico, Ricardo Ayache, é a primeira grande liderança a abandonar o PT no Estado. Ele anuncia, nesta terça-feira, a saída do PT. Cortejado por vários partidos, ele teria acertado a filiação ao PSB, da deputada federal Tereza Cristina Corrêa Dias. Ele ficou em segundo na disputa do Senado e era um dos principais nomes do PT para disputar a prefeitura da Capital em 2016.

Dia – O deputado federal Vander Loubet (PT) está na pauta do Supremo Tribunal Federal desta terça-feira. O ministro Marco Aurélio é o relator do caso envolvendo o petista em escândalos da época em que foi secretário estadual na gestão do tio, Zeca do PT. Os dois casos são referente ao escândalo da publicidade.

Veto – O prefeito Gilmar Olarte vetou integralmente o projeto de lei que isentava do pagamento de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) os imóveis atingidos por enchentes, inundações e alagamentos. Ele alega que a medida é inconstitucional.

Ausente – O deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) convocou o povo a ir para as ruas contra a presidente Dilma Rousseff (PT), mas não participou da manifestação de domingo. Acusado de desviar recursos da saúde, ele chegou a posar com uma placa convocando para o ato do dia 16.

Lenta – A Comissão Processante, sob o comando do vereador João Rocha (PSDB), ainda nem começou o trabalho. A primeira reunião só deve acontecer na próxima segunda-feira, quando, então, começa a contar o prazo para o prefeito apresentar a defesa prévia. A comissão deve ser concluída em 90 dias.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário